O empreendedor mineiro Caio de Brito.

Caio de Brito, filho de Azarias de Brito Sobrinho e Maria Adelindes de Brito. Foi casado com Maria Antonieta de Luca Araújo Brito. Nasceu na cidade de São Joaquim da Serra Negra (hoje Alterosa). Era um homem de média estatura, elegante, bem trajado, cortês e atencioso, não só com ricos, mas também com pobres. Foi dirigente da Usina Boa Vista, desde os 17 anos, em 1915, até 28 de agosto de 1950, quando se desligou da Empresa. Construiu uma usina de açúcar, em sua propriedade, denominada São Sebastião, situada em Santana da Vargem, Minas Gerais. Em virtude de os proprietários rurais não terem plantado cana para abastecer a Usina São Sebastião, como haviam acordado, o empreendimento fracassou, por falta de matéria prima.

Participou da fundação de um colégio em Santana da Vargem, Minas Gerais e da construção do aeroporto de Três Pontas. Político atuante, ocupou a Presidência do antigo Partido Republicano local. Eleito vereador em 1936, na primeira eleição após a revolução de 1930, tomou posse em 25 de julho do mesmo ano. Nos últimos anos de sua existência, viveu no ostracismo. Após a sua morte, a Câmara Municipal, reconhecendo os bons serviços por ele prestados à comunidade, aprovou a Lei n.706, de 7 de fevereiro de 1972, alterando a denominação da Rua da Prata para Avenida Caio de Brito.

17-AGO-1898 - 01-JAN-1964

Artigo de Paulo Costa Campos

Próxima matéria: O semeiro Thomé Gonçalves Araújo.
Matéria Anterior: José Ferreira de Brito, fatos e boatos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.