Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior. "Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG. Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entr

José Ferreira de Brito, fatos e boatos.

O furriel José Ferreira de Brito era natural de Ribeira, Freguesia de São José de Brito, termo da Vila de Guimarães, Arcebispado de Braga, Portugal. Filho de Francisco Vieira da Silva e de Catarina Luiz Ferreira (alguns registram Luiza), era irmão de Bento Ferreira de Brito e também sócio, em terras que confrontavam com a Capela e Arraial de Nossa Senhora da Ajuda, em 1794.

Na medição e demarcação das terras, constantes de uma cópia de pública-forma, datada de 1895, aparece como cessionário de seu irmão, contudo, por uma leitura equivocada, alguns pesquisadores registraram o termo como "consignário" (sic). Não consta do Catálogo de Sesmarias, editado pelo Arquivo Público Mineiro (ed.1988), qualquer sesmaria em seu nome, na região de Três Pontas. Consta do referido catálogo uma sesmaria, em nome de José Ferreira de Brito, requerida na paragem do Maranhão, freguesia de Aiuruoca¹. Não conseguimos descobrir se é o mesmo indivíduo ou se é um homônimo. Acredita-se que a casa existente na chamada "Estância do Mota", tenha sido a sede de suas terras. Não há documentação comprobatória dessa suposição, há apenas indícios, baseados nas confrontações das terras de seu irmão e das sesmarias do Arraial e da Capela de Nossa Senhora da Ajuda, além de outras duas.

Artigo de Paulo Costa Campos

Próxima matéria: O empreendedor mineiro Caio de Brito.
Matéria Anterior: Bento Ferreira de Brito em Três Pontas-MG.

1. SC.265 p.167, em 06-MAIO-1797, Arquivo Público Mineiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A família do Pe. Manoel Francisco Maciel em Minas.

As três ilhôas de José Guimarães.

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.