Conde de Valadares, Pamplona e os índios.

Ainda que os índios servissem algumas vezes como aliados, era de vital importância que o controle sobre eles se efetivasse de maneira cada vez mais ampla. E um dos grandes problemas que as autoridades tinham que resolver era como controlá-los para que servissem de alguma forma ao projeto civilizacional em andamento. Em 1769, Paulo Mendes Ferreira Campelo, Comandante do Arraial do Cuieté, ao escrever ao Governador Valadares, afirmava que uma saída para a região seria reunir num único local todas as tribos que viviam isoladas e soltas pela área, pois de acordo com ele, eram pequenos grupos e não se justificava ficarem controlando tantas terras e impedindo o povoamento. Além do que sua dispersão inviabilizava a sua catequização:

"...é constante e se manifesta por certo serem as aldeias dos índios que se pretende agregar bastantemente dispersas umas das outras e não muito abundantes de gente, suposto que unidas de um só corpo se compõem de numero avultado estas não podem ser doutrinados na fé com separação por ser custoso admiti-las ao grêmio da igreja nas suas residências e para melhor êxito de se congregarem se deve passar para a parte sul da outra banda do rio Doce... porque não pode o sacerdote assistir a todos separados."¹

Ainda que fossem percebidos como empecilhos e causadores de diferentes problemas os índios da região serviram em vários momentos aos interesses das autoridades. O Conde de Valadares havia ordenado a Ignácio Correia de Pamplona que deixasse alguns soldados no Rio São Francisco para impedir o contrabando de ouro por ali. Pamplona respondeu-lhe de que de nada adiantaria tal medida, uma vez que o rio era muito extenso e com numerosas cabeceiras e que ninguém se atreveria a tentar passar por ali por causa dos negros e índios que lá viviam e que eram “...as melhores guardas que V. Exa tem para segurança do prejuízo que nesta parte receia...”²

É interessante a idéia da utilização dos índios como guardas naturais das áreas mais afastadas e, portanto, perigosas da colônia. Pombal, anos antes, havia determinado esta mesma medida através dos aldeamentos dirigidos pelos Diretores, organismo máximo segundo este, de controle dos indígenas3.

Trecho de um trabalho de Marcia Amantino.

Próximo Texto: Os índios como tropas ligeiras em tempo de paz.
Texto Anterior: Os índios e a justiça do Conde de Valadares.

1. Carta de Paulo Mendes Ferreira ao Governador Conde de Valadares, em nov 1769 Arquivo Conde de Valadares (Biblioteca Nacional, Seção de Manuscritos) - 18,2,6 doc .não identificado
2. Carta de Ignácio Correia de Pamplona ao Conde de Valadares.15.11.1769. Arquivo Conde de Valadares (Biblioteca Nacional, Seção de Manuscritos) 18,2,6 doc 19
3. Diretório. Op. Cit.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.