Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

De Genere do Padre José Dias de Carvalho.

Documento encomendado pelo Projeto Partilha.
Transcrição de José Geraldo Begname
.
Relatório de 03 de março de 2006.


Padre José Dias de Carvalho.
Referência: Processo de Genere.
Localização: Armário 07.
Pasta: 1113.
Local: Barbacena.
Ano: 1755.

fl. 82v

Certifico que em meu poder e cartório se acham uns autos de Matrimônio em que são contraentes Jocob Dias de Carvalho e Francisca Pereira em que os quais a folha seis verço se acha uma sentença definitiva escrita e assinada pelo Reverendo Vigário que no ano de 1725 servia Antonio de Lima Fagundes cujo teor (...) é da forma e maneira seguinte:
(...) depoimento dos contraentes Jacob Dias de Carvalho e Francisca Pereira natural desta Villa serem solteiros e desimpedidos e sem estarem comprometidos em outra parte mais que o mutuo consentimento que tem procedido entre eles de se quererem (...) matrimônio (...).
Cf. Projeto Compartilhar. José Dias de Carvalho. Ano 1755.

Uma observação do pesquisador:
"procurei retirar dos processos apenas o primordial para uma análise prévia. Havendo necessidade retorno aos mesmos para anotar testemunhas e mais dados sobre os habilitandos". Mariana, 27 de abril de 2006. José Geraldo Begname.

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Próxima matéria:
Artigo Anterior: Uma ermida na Comarca do Rio das Mortes.

Testamento do Pe. José Dias de Carvalho.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.