Carmo da Cachoeira vai até a Mãe Padroeira.

de: Terê

Todo mês, separo 15 reais para poder participar da romaria que ocorre no final do ano para Aparecida. Não fico pedindo empréstimo para ninguém. Pago 170 para o organizador (aí estão sendo pagos, o hotel, o transporte e as 3 refeições diárias). Fico com 10 réis com o qual compro lembrancinhas para os que não puderam ir. Volto com o coração muito leve, e desta vez trouxe até as pílulas do Pe. Galvão.

É a oportunidade de uma confraternização universal, mágico e poético do ser humano com a Mãe Padroeira do Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.