Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Antônio Bonifácio Maciel um exemplo humano.

Nesta manhã ensolarada, as árvores estão com suas folhas limpíssimas e brilhantes. Podem, pela limpeza, refletir os raios do sol. Foram lavadas ontem, pela refrescante chuva de fim de tarde. O vento foi muito forte, mas a chuva que o seguiu veio de maneira serena e tranquila. Insetos, pássaros, abelhas aproveitam o espetáculo nestas primeiras horas do amanhecer.

Observando seus movimentos, principalmente o das abelhas, vem-nos a lembrança e a imagem do antigo tabelião em Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, Antônio Bonifácio Maciel (in memoriam), irmão do Pe. Manoel Francisco Maciel, um dos Párocos de Carmo da Cachoeira. Não há como dissociá-lo de Baependi e de Nhá-Chica, suas grandes e profundas paixões. Independente de "o porque", ocorre-nos a lembrança de uma história contada por ele. Falava com paixão do altar-mor da Igreja Matriz de Baependi, colocado acima de três degraus assentados em um plano superior ao da nave. Ao fundo, encontra-se o trono. Entre as colunas das extremidades e o arco do altar ficam dois nichos. Eles são ornados com trabalhos em talha. Num deles está a imagem de Nossa Senhora do Carmo. Carmo do Monte Carmelo. Carmo das Carmelitas. Carmo ... Carmo ... só amor, perdão, bençãos!!! Diz seu Antônio: "em Baependi, é antiga a devoção a esta santa; a princípio, um quadro seu, pertencente à esposa do finado dr. Manuel Joaquim Pereira de Magalhães, neto de José Francisco Pereira, dona Mariana Claudina de Noronha Magalhães, filha de Joaquim Carlos de Noronha e Antonia Joaquina de Magalhães, servia às homenagens dos fiéis. Só depois veio a imagem trazida por Francisco de Paula Simões". Dr. Manuel Joaquim Pereira de Magalhães foi filho de dona Ana Silvéria de Magalhães (filha de Luciana de Souza Soares e seu primeiro marido Antonio Magalhães Passos) e Manoel Joaquim Pereira.

A viúva de Antônio de Magalhães Passos, dona Luciana de Souza Soares, casou-se em segundas núpcias com José Martins Borralho.

José Martins Borralho é pai de dona Francisca Maria de Jesus, casada com Domingos José Garcia, irmão de Joseph Luís Garcia, pai de Chico Frade e de Diogo Garcia da Cruz, casado na Família Figueiredo.

Que o Pai, Criador das Vidas, vele por nossos antepassados.

A viúva de Antonio de Magalhães Passos, dona Luciana de Souza Soares, casou-se em segundas núpcias com José Martins Borralho, com quem teve Francisca Maria de Jesus, que se casou com Domingos José Garcia, irmão de Joseph Luís Garcia, pai de Chico Frade e de Diogo Garcia da Cruz, casado na Família Figueiredo.

Que o Pai, Criador das Vidas, vele por nossos antepassados.

Projeto Partilha: Leonor Rizzi

Próximo artigo:.
Artigo anterior: Projeto Partilha é homenageado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.