Neruda e os outros dias que virão.

de: Francis Vilela - o pianista
De: Pablo Neruda
Tradução: Carlos Nejar.


Sou um apaixonado por Pablo Neruda. Estou sempre, sempre mesmo com o livreto, Cem Anos de Amor nas mãos. É da Coleção L&PM Pocket, cujos poemas apresentam-se nele traduzidos por Carlos Nejar.

De - Pablo Neruda

Outros dias virão, será entendido
o silêncio de plantas e planetas,
e quantas coisas puras passarão!

Terão cheiro de lua os violinos!

O pão será talvez com tu és:
terá voz, tua condição de trigo,
e falarão outras coisas com tua voz:
os cavalos perdidos do outono.

Ainda que não seja como está disposto
o amor encherá grandes barricas
como o antigo mel dos pastores,

e tu no pó de meu coração
(onde haverá imensos armazéns)
irás e voltarás entre melancias
.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.