Maria Helena de Jesus.

Helena Maria de Jesus que foi casada com João de Rezende Costa, senhor do Engenho Velho dos Cataguás, é irmã de de Júlia Maria da Caridade, casada com Diogo Garcia. Diogo e Júlia são avós de Diogo Garcia da Cruz, nascido em 1772 e casado com dona Inocência Constança de Figueiredo. Maria Helena de Jesus e João de Rezende Costas, seus tios.¹

Daunt destaca:

Diogo Garcia e Júlia Maria da Caridade como padrinhos de Ana Antônia da Silva Rezende, que era filha de uma sua sobrinha, Maria Helena de Jesus, casada com o Capitão José Antônio da Silva. A cerimônia do batizado verificou-se a 24 de março de 1761, na capela de Santo Antônio da Lagoa Dourada, em Conceição dos Prados, Minas Gerais.²

Em 3 de outubro de 1726, ao realizar-se, na Matriz de N. S. da Conceição dos Prados, a benção matrimonial de João de Rezende Costa com Helena Maria, figura, como uma das testemunhas daquele ato religioso, Júlia Maria da Caridade, irmã da nubente e dada como moradora na Freguesia de N. S. da Conceição dos Prados.³

O nome de Júlia Maria da Caridade aparece, ainda, num assento de batismo da Matriz dos Prados, a 13 de junho de 1730, conjuntamente com Miguel da Costa Pereira, como madrinha de Josefe, filho de sua irmã Helena Maria.4

O batizado seria, mais tarde, o Capitão José de Rezende Costa, o prestigioso lavrador, da fazenda dos Campos Gerais, que tomara parte saliente na Inconfidência Mineira e, por isso, condenado "a que com baraço e pregão fosse conduzido pelas ruas públicas ao lugar da forca, e nela morresse morte natural para sempre".

A pena, entretanto, fora comutada para o degredo em Bissáo, na África, por 10 anos, dele compartilhando o Conselheiro José de Rezende Costa, filho do Capitão José de Rezende Costa, que falecera em 1789, com a idade de 72 anos.5

A 5 de fevereiro de 1743, vemos Júlia Maria da Caridade, mulher de Diogo Garcia, madrinha de batismo de sua sobrinha, Josefa Maria de Rezende, que mais tarde, aos 26 de setembro de 1764, no Oratório de N. S. do Carandaí, Freguesia de N. S. da Conceição dos Prados, contraía núpcias com o Coronel Severino Ribeiro, filho de Estevão Ribeiro e de dona Leonarda Maria, ambos de famílias nobres de Lisboa.6

Trecho da obra de: Ricardo Gumbleton Daunt

1. fonte: obra HELENA MARIA DE JESUS, de José Guimarães - 1998.
2. (obra cit., pg.557).
3. (ob. cit., pgs.11 e 13).
4. (ob. cit., pg.314).
5. (ob. cit., pg.314).
6. (ob. cit., pg.779).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.