Lembranca das Santas Missões Carmelitas.


Ajude-nos a contar a história de Carmo da Cachoeira. Aproveite o espaço "comentários" para relatar algo sobre esta foto, histórias, fatos e curiosidades. Assim como casos, fatos e dados históricos referentes a nossa cidade e região.

Próxima imagem: Novena de Natal em Família - 2008
Imagem anterior: Francis Vilela, a música como fonte da vida.

Comentários

projeto partilha disse…
NOSSA MISSÃO

"Promover a fraternidade orante e profética, defendendo a vida e servindo o povo de DEUS, inspirados em Jesus Cristo e no carisma carmelitano"
projeto partilha disse…
MISSÕES e almas abnegadas.

Neste mês de dezembro, quando se comemora a data de seu falecimento, o Projeto Partilha presta homenagem ao

Dr.AUGUSTO JOSÉ DA SILVA.

Nascido em 05-07-1845 foi médico em Lavras e "DESIGNADO PELA MUNICIPALIDADE para seguir para a povoação de CARMO DA CACHOEIRA visando debelar uma epidemia de varíola". Faleceu em 19-12-1905. É lembrado como tendo sido uma alma boníssima e que não media esforços para ajudar seu próximo.
Filho do Liberal Dr. JOSÉ JORGE DA SILVA, nascido a 23 de abril de 1810, na freguesia de Santa Quitéria, da Província de Minas e neto de MIGUEL JOSÉ DA SILVA e de dona ANA FELIPPA, era irmão do desembargador QUINTILIANO JOSÉ DA SILVA e do Dr. SERRA NEGRA. Estudaram no antigo Colégio Caraça, Minas Gerais. O Dr. José Jorge da Silva, dentre tantos feitos, serviu na diretoria da estrada de D. Pedro II. No desempenho de seu cargo incentivou a necessidade de vias de comunicação da Província. Assim, quando se discutia o traçado daquela estrada, além de Juiz de Fora, ele participou com vários artigos contendo judiciosas apreciações. "Tinha o dom da concisão com clareza e sabia vazar em linguagem castiça e picante as agudezas do espírito". Faleceu na freguesia de Bom Sucesso - Minas Gerais.

Cf. Boletim Quinzenal do Grupo Escolar de Lavras, editado por Firmino Costa. Edição 1 de maio de 1907 a novembro de 1908.
http://www.museu.ufla.br/vida27.htm
projeto partilha disse…
Estações Ferroviárias do Brasil:
CARMO DA CACHOEIRA.
Local - Município de Carmo da Cachoeira - Minas Gerais.

HISTÓRICO:

- Rede Sul-Mineira (1918-1931);

- Rede Mineira de Viação (1931 - 1965);

- V. F. Centro-Oeste(1965 - 1975);

- Rede Ferroviária Federal S/A (1975 - 1996).

INAUGURAÇÃO - 30-06-1918. Com trilhos.
USO ATUAL - Abandonada.

Cf. http://www.estacoesferroviarias.com.br
projeto partilha disse…
Inventário encomendado pelo Projeto Partilha e transcrito por Edriana Aparecida Nolasco. O Inventário que se segue abaixo contem dados complementares em relação ao já disponibilizado pelo Projeto Compartilhar. Solicitou-se a referida complementação na expectativa de encontrar novos nomes que pudessem auxiliar em nossa busca.

Tipo de documento - Inventário
Ano - 1766 caixa - 472
Inventário -João Rodrigues Moinhos Inventariante - Capitão Mor Mathias Gonçalves Moinhos
Local - São João del Rei

Fl.01
Inventário dos bens que ficaram por falecimento de João Rodrigues Moinhos de quem é inventariante o Capitão mor Mathias Gonçalves Moinhos.
Data - 24 de fevereiro de 1766
Local - Arraial da Freguesia de Aiuruoca. Termo da Vila de São João del Rei, Minas e Comarca do Rio das Mortes em casas que foram de morada do falecido João Rodrigues Moinhos.

Fl.01
DECLARAÇÃO
Declarou o Inventariante que o dito João Rodrigues Moinhos faleceu em sua casa com seu solene Testamento no qual declara ser natural e batizado no Lugar dos Pilões(?), Comarca de Chaves. Arcebispado de Braga, filho legítimo de Antônio Rodrigues e de Pascoa Afonsa já defuntos e que era solteiro.

Obs. Inventário muito danificado, faltando pedaços.

Fls. 02
Vários covados de pano; vários chapéus; muitas varas e peças de linhas; várias varas de panos de linho; várias ceroulas; várias camisas de pano; vários couros de cobra; vários pares de meias e outras muitas peças o que denota ser comerciante ou caixeiro viajante - muitos objetos de armarinho. Foram avaliados em fardos numerados.

Escravos - 05

Animais - 01 cavalo; 03 vacas; 01 novilha; 03 bezerros.

BENS DE RAIZ
- Uma morada de casas térreas cobertas de telha com sua cozinha coberta de capim e seu quintal com seus arvoredos, com (ilegível) e prateleiras da loja sitas neste Arraial no Largo da Matriz da Freguesia de Aiuruoca que parte de uma banda com (danificado).

Obs. Muitas dívidas por créditos da loja, provavelmente

- Alexandre Gomes Guimarães 351$720
- Domingos Francisco 147$053
- Antônio de Barros 8$925
- Isabel Rodrigues Pereira 369$000
- Cap. Roque de Souza Magalhães
224$700
- José dos Santos Alvarinho 80$962
- João Tavares 394$638
- Joaquim José Correa danificado
- João Ferreira dos Santos 9$787
- Custódio Bernardes 356$000
- Pedro João de Souza 90$000
- Reverendo Manoel Antônio Teixeira Miranda 125$500
- Florência Francisca das Neves
85$687
- Manoel Pereira Gularte 26$450
- Manoel Gomes Guimarães 166$000
- Manoel Soares 2$600
- Reverendo Antônio Freire
danificado
- Sargento mor Francisco Barbosa
88$050
- João Neto 132$862
- José da Silva 100$000
- Antonio Neves Braga 7$575
- Marcos Francisco Guimarães 19$687
- Reverendo Padre José de Souza de Menezes 44$025
- Bento Gonçalves Rodrigues 9$600
- Antônio Bernardes dos Reis 8$325
- Antônio Fernandes Barreto 31$950
- Antônio Ferreira de Faria danific
- João Loureiro 20$737

DIVIDAS DO LIVRO
- João Pereira Goularte 39$487
- Manoel de Souza Magalhães 17$537
- Cap. Diogo Rodrigues 26$137
- José Francisco Portela 13$575
- Manoel Gomes da Costa 4$200
- Antônio Rodrigues Araújo 23$700
- João Ferreira Veiga 25$200
- Reverendo Manoel Antônio Teixeira Miranda 25$500
- Manoel Correa 7$200
- João Ribeiro 16$950
- Antônio Pereira Gularte 8$400
- Antonio de Souza Caldas 53$540
- Alferes José Rodrigues de Matos
11$775
- João Ribeiro da Silva 2$737
- Antônio José Corrêa $487
- Miguel Rodrigues Feijó 2$175
- Silvestre Botelho Resende 46$687
- Custódio Bernardino Silva 218$812
- Reverendo Lourenço José de Almeida 27$937
- Cap. Diogo Gonçalves de Carvalho 61$500
- Francisco Gonçalves de Carvalho 35$100
- Manoel da Silva Torres 67$012
- Manoel de Morais Peixoto 8$700
- Domingos Antônio de Oliveira
91$275
- Capitão Mor Regente Bento Pereira de Sá 33$450
- Reverendo Vigário Ignácio José de Souza 2$437

Obs. Documento incompleto

-
-

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.