Congada de São Benedito e Nª. Srª. do Rosário.

No dia 30 de novembro de 2008 aconteceu em Carmo da Cachoeira a Festa da Congada em homenagem a São Benedito e Nossa Senhora do Rosário.

A festa foi idealizada e coordenada por Mauro Benedito Filho, coordenador do Movimento Negro / Pastoral Negra de Carmo da Cachoeira e surgiu da necessidade de se resgatar as culturas afros da cidade, quando o senhor Mauro e os membros do Movimento / Pastoral Negra planejaram os eventos em comemoração ao dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra e de Zumbi dos Palmares.

Esses eventos, tais como: reuniões e debates, trabalho de conscientização nas escolas municipais Prof. Wanderleia e Prof. Moacir Rezende, visita e missa no Cemitério dos Escravos, Missa Afro, pesquisas, Novena a São Benedito em preparação para a festa, foram realizados durante todo mês de novembro.


A festa da Congada encerrava essa série de eventos e contou com a colaboração de inúmeras pessoas da comunidade que contribuíram com alimentos para o oferecimento de café e almoço, na preparação da alimentação, na confecção das roupas da rainha, princesa e juízas (Costureira Eva), dentre outras coisas e da Prefeitura Municipal que forneceu o transporte.

Iniciou-se dia 25 de novembro, terça-feira, com o levantamento do Mastro da Imagem de São Benedito na Praça da Igreja Matriz. O Mastro é o símbolo máximo da Festa da Congada e toda a festa em torno dele.

No domingo, dia 30, a festa iniciou-se bem cedo com os membros do Movimento Negro se organizando.

Contou com a participação do Terno de Congada de Carmo da Cachoeira composta pelos membros João Luiz (Daé), Rafael Machado, Nilton Lauriano de Paula, Stéfane Rosa Mística Máximo, João Amâncio de Souza, Maria Helena Xavier de Souza, Bruno Antônio da Silva, Woshington Luiz Vilela, Rosenda Cristiane Luiz Vilela, Carmo das Chagas Batista, Wemweson F. de Paulo, Júlio César dos Santos, Everton Leopoldino Francisco, Gilson A. Santos, Antônio da Costa, José Ivanir dos Santos, José Oliveira da Silva, Luiz e Mauro Benedito Filho.

Houve ainda a presença de um Terno de Congada da cidade de Oliveira, Moçambique, comandado pelo Capitão Antônio de Paula, Samara Silva Oliveira, Ana Carolina Oliveira, Ângela de Oliveira e Associação de Congadeiros de Oliveira, representada por Geraldo Bispo, Heloísa Bispo e João, e do Grupo de Três Pontas, comandado por Olinda Pereira dos Santos e Vicente Antônio Elias.

O grupo de Oliveira chegou pela manhã e abrilhantou a festa durante o dia, passeando pelas ruas da cidade, visitando o mastro e a igreja matriz e nos ajudando nas cerimônias da festa com a busca da Rainha Aline, princesa Cynthia e juízas Joseane, Lara e Caroline.

Logo após o almoço, os grupos seguiram para a Praça da Igreja Matriz, guiados pelas bandeiras de São Benedito e Nossa Senhora do Rosário, onde acontecia o "Descimento do Mastro", momento mais importante da festa.

Assim, como o término da Cerimonia do Descimento do Mastro (dirigida pelo Terno de Carmo da Cachoeira) e a benção do Pároco Pe. André Luiz da Cruz o Mastro foi conduzido pela rainha, princesa, juízas, mulheres do grupo de Três Pontas, dentre outras, até a Escola Municipal Doutor Moacir Rezende, onde encerrou-se a festa com o cerimonial de entrega, realizado pelo grupo de Oliveira, e com a apresentação do grupo afro de Três Pontas.

A festa realizou-se pelo esforço do organizador e pela ajuda da comunidade.

No entanto, percebe-se a necessidade de apoio e organização para o Terno de nossa cidade para que não deixemos acabar suas culturas e tradições.

Texto de: Ana Paula da Silva Benedito

Veja também: A Visitação, Folia de Reis e a Estrela de Belém.

Comentários

Luanda disse…
A Comunidade, Associação de Moradores do Quilombo São José precisa vender 250 exemplares do CD-livro "Jogo do Quilombo São José". 100% da renda será revertida para a Comunidade. Valença. Rio de Janeiro.
jongo@quilombosaojose.com.br
tel. 21 222-3458.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.