Uma pequena biografia de um grande homem.

de: Francis Vilela - o pianista


Sou um apaixonado por Pablo Neruda. Estou sempre, sempre mesmo com o livreto, Cem Anos de Amor nas mãos. É da Coleção L&PM Pocket, cujos poemas apresentam-se nele traduzidos por Carlos Nejar, do qual transcrevo uma pequena biografia deste grande meste.

Pablo Neruda
Prêmio Nobel de Literatura - 1971

"Com muita humidade, fiz estes sonetos de madeira, dei-lhes o som desta opaca e pura substância (...)"

O poeta chileno Pablo Neruda (1904-1973) foi, sem dúvida, uma das vozes mais altas da poesia mundial do nosso tempo. Ao mesmo tempo, o poeta engajado nas causas de liberdade, o exilado, o resistente, é protagonista de uma das aventuras mais expressivas da lírica em língua castelhana. Seus poemas de amor - e estes Cem Sonetos de Amor são um dos seus legados mais perfeitos - emocionaram e emocionam várias gerações. Poeta admirado internacionalmente, é personagem do filme O carteiro e o poeta, recebeu a consagração definitiva com o Prêmio Nobel de Literatura em 1971.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.