A descendência do alferes Flávio Antônio.

Ao Projeto Partilha interessa, particularmente, saber sobre a descendência do alferes Flávio Antônio de Moraes, viúvo de dona Bernarda Cândida de Aguiar e em segundas núpcias casado, em 15 de setembro de 1849 com Júlia Maria da Caridade, afilhada e herdeira de Júlia Maria da Caridade (uma das Três Ilhoas). Bernarda tiveram os seguintes filhos:

→ José Flávio de Moraes, casado com Emerenciana Cristina de Moraes;
→ Policena Claudina de Moraes, casada com José Rufino do Prado; e
→ Joaquim Flávio de Moraes e Silva, em 06 de abril de 1861, casou-se com Paulina Cândida de Moraes (também chamada de Paulina Honória de Jesus), em Três Corações.

Paulina era filha do tenente João Bernardes Pinto e sua segunda mulher Paulina Honória de São José, os filhos: Antônio Flávio de Moraes, Laurentina Cândida de Aguiar e João (menor) já falecidos e de cuja herança "era usufrutuário seu falecido pai".

Flávio e Júlia foram pais de:
→ Felícia Cândida de Moraes, casada com José Anastácio Barbosa;
→ Maria Catarina de Moraes Garcia, com 12 anos e 9 meses;
→ Vicência Cândida de Moraes, com 9 anos; e
→ Gabriela Flávia de Moraes, com 2 anos e 2 meses.

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Próxima matéria: Espólio de dona Fancisca Maria de Jesus.
Artigo Anterior: Os Rates e sua ligação com a mineira Cabo Verde.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.