Diverso estilos arquitetônicos convivem aqui.

Ajude-nos a contar a história de Carmo da Cachoeira. Aproveite o espaço "comentários" para relatar algo sobre esta foto, histórias, fatos e curiosidades. Assim como casos, fatos e dados históricos referentes a nossa cidade e região.

Próxima imagem: Antigo Colégio Cachoeirense em Carmo da Cachoeira.
Imagem anterior: Ancestrais dos Garcias e Custódios Cachoeirenses.

Comentários

projeto partilha disse…
Com a arte de Maurício José Nascimento, "A Fonte" na Praça do Carmo, e a segunda Casa Paroquial da Freguesia do Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. Aqui morou o Padre Manoel Francisco Maciel. As fotos, onde crianças apareceram brincando e mostradas em páginas anteriores neste blog, foram feitas no quintal desta casa. O terreno era extenso e nele, um grande espaço reservado para atividades sociais e recreativas, ligadas à Paroquia. Esta parte social, tinha sua entrada na rua Antonio Justiniano dos Reis. Aí funcionou o antigo cinema. Aí dona Neta, mulher do Dr. João Octaviano de Veiga Lima, organizava eventos. A finalidade era de caráter assistencial. Hoje, funciona no local o Salão Paroquial. Foi onde aconteceu o debate entre os candidatos ao cargo de Prefeito, neste ano de 2008. O terreno tinha seu fundo na rua Presidente Antonio Carlos. Lá está construída e funciona hoje a "Galeria". Espaço formado por muitas salas. São utilizadas para reuniões, encontros. No último domingo à tarde, uma dessas salas estava sendo usada para ensaio da missa cantada de fim de ano. O grupo que participa do coral tem a coordenação de Francis Vilela.
projeto partilha disse…
Últimos nomes registrados no livro fábrica n.1 da Freguesia do Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. Ano, 1875. Fls.30.
José Pedro Rosa
ASSEMBLEA PROVINCIAL (Assembleia), a receber 1.000$000. Recebido 1.000$000
Manoel Francisco Gomes
José Celestino Terra
Joaquim Martins da Rosa
Quirino escravo de Felicia
Padre Joaquim Antonio de Rezende
Valério Maximo dos Reis
Domingos Marcelino dos Reis em sua verba testamentária, a receber 1.000$000. Recebido 1.000$000
João Hermenegildo dos Reis
Antonio Justiniano dos Reis subscripto por Antonio Francisco
Firmiano Chrisolpho da Luz
dona Maria do Carmo Reis
Verba por diver(ilegível) por Severino Ribeiro de Rezende
Verba por Maria Jacintha
Jerônymo Ferreira Pinto Vieira
Domiciano José Faustino
Ladislau José Naves.
projeto partilha disse…
Antonio Batista de Sant´Ana (Baptista) realizou um trabalho em que relaciona, exclusivamente, os FAZENDEIROS DO DISTRITO do Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. Segundo a relação, são eles:
Antonio dos Reis Silva
Antonio Severiano de Gouvêia
Custódio Vilela Palmeira
Domingos José Pinto
Felícia Constança de Figueiredo
Gabriel Flávio da Costa
Gabriel José Junqueira
Gabriel dos Reis Silva
João Alves de Gouvêia
João Urbano de Figueiredo
João Vilela Fialho
José Alves Figueiredo
José Martins de Andrade
José Vilela de Rezende
Manoel Antonio dos Reis
Manoel Antonio Teixeira
Joaquim de Rezende Branquinho.

Neste mesmo relatório cita outros nomes de pessoas no exercício de outras funções. São elas:
João Alves de Gouvêia
Antonio Dias Pereira de Oliveira
João Urbano de Figueiredo
Casemiro Gonçalves Pimentel
José Fernandes Avelino
Francisco de Paula Cândido
José Faustino da Silva
Modesto Antonio Naves
Pe. Antonio Dias Robião Quartim
Pe. Joaquim Antonio de Rezende
José Fernandes Avelino
Domingos José Pinto João Antonio Naves
Joaquim Pedro de Rezende
Theodoro Antonio Naves
José Celestino Terra
Severino Ribeiro de Resende.
projeto partilha disse…
Segundo Antonio Batista Sant´Ana (Tatonho), os fazendeiros nossos vizinhos, em São Thomé das Lettras, na mesma época histórica, são:
Anna Flauzina Taveira
Antonio Alves da Costa
Antonio de Andrade Junqueira
Antonio Moreira da Silva
Braz Gonçalves Leite
Cândido dos Reis Dinamarco
Carlos Ribeiro da Luz
Cypriano Pinto Ribeiro
Flauzino Carlos da Rocha
Francelina de Andrade Penha
Gabriel de Andrade Penha
Gabriel Ferreira penha
Gabriel Francisco Ribeiro Junqueira
Gabriel Theophilo de Andrade
Galiano Antonio Pereira
João Ribeiro de Andrade
João Ribeiro de Andrade
João Ribeiro da Costa
Joaquim Alves Taveira Pinto
Joaquim Francisco Nogueira
José Alves Ferreira
José Penna de Andrade
José Ribeiro de Andrade
Luiz José de Paiva
Manoel José Pereira
Maria Cândida da Conceição
Maria Martina
Marfisa Cândida Ribeiro ou Maria Cândida de Jesus
Messias Cândida Alves
Pedro José Martins
Severiano Alves Pereira
Thomé Francisco Vallin (Valim)
Valério Torquato de Andrade.

COM ENGENHO MOVIDO POR ÁGUA
Antonio Gabriel Junqueira
Barão de Caldas
Isaac da Costa Barros
José Ignácio Ferreira (Inácio0
Luciano Antonio Pereira
Manoel Antonio Pereira
Miguel Ferreira da Silva

COM ENGENHO MODIDO POR ANIMAES:
Anna Correia
Francisco Antonio de Medeiros
João Antonio da Silva
João Baptista de Andrade
José Caetano de Carvalho
José Joaquim Alves Paranahyba
Maria Balbina da Silva

ENGENHO DE SERRAR - MOVIDO A ÁGUA

Antonio Gabriel Junqueira
Barão de Caldas
Francisco de Andrade Junqueira
Isaac da Costa Barros
Luciano Antonio Ferreira

FAZENDEIROS QUE PLANTAM CAFÉ
Antonio Gabriel Junqueira
Cândido dos Reis Dinamarco, Capitão
Carlos Ribeiro da Luz
Francisco de Andrade Junqueira
José Joaquim Alves Paranahyba, Capitão

DISTRITO ELEITORAL - Eleitores de São Thomé das Lettras
Adolpho Pereira Guimarães
Agostinho Antonio de Sousa
Antonio Alves da Costa
Antonio de Andrade Junqueira
Antonio Francisco da Fonseca
Antonio Gabriel Junqueira
Antonio Gabriel Junqueira Filho
Antonio Gonçalves Leite
Antonio Paulino Medeiros
Antonio Pereira Lima
Batista Cândido da Fonseca
Barão de Caldas
Camillo Henrique de Oliveira Rios
Cândido Moreira da Silva
Cândido dos Reis Dinamarco
Carlos Ribeiro da Luz
Cypriano Pinto Ribeiro
Evaristo Alves Pereira
Francisco de Andrade Junqueira
Francisco Gabriel de Andrade Penha
Gabriel de Andrade Penha
Gabriel Ferreira Pinto
Gabriel Francisco Ribeiro Junqueira
Gabriel Theophilo de Andrade
Galiano Antonio Pereira
João José Correia
João Ribeiro de Andrade
João Thomaz da Silva
Joaquim Alves Taveira Pinto
Joaquim Francisco Nogueira
Joaquim Marcellino de Andrade
José Alves Ferreira
José Alves Taveira Pinto
José Caetano de Carvalho
José Francisco Corrêia
José Francisco de Souza
José Ignácio Ferreira
José Joaquim Alves Paranahyba
José Joaquim Fernandes Catta Preta
José Maria Gonçalves Leite
José Ribeiro de Andrade
José de Senna Xavier
Luciano Antonio Pereira
Lucio Marcelliano de Araújo
Luiz José de Paiva
Manoel Antonio Pereira Sobrinho
Manoel Joaquim Alves
Mizael Ferreira da Silva
Pedro José Martins
Valério Torquato de Andrade.
projeto partilha disse…
Livro II Fábrica 1893-1923. Carmo da Cachoeira.

Termo de abertura

"Este livro hade servir para nelle se lançar a receita e despesa da Fabrica desta Matriz do Carmo da Caxoeira, vai por mim rubricado com authorização do Exmo. Rvmo. Senr. Bispo, com a rubrica de que faço uzo =Pe. Fonseca= e leva no fim o termo de encerramento. Carmo da Caxoeira, 1 de junho de 1893. O vigario Antonio Joaquim da Fonseca".

Registro contido às fls. 17. Despeza. Data: 15 de abril de 1895: "Dinheiro ao Dr. José Marcondes de Andrade Figueira para custas no processo do patrimônio do Campo Bello 1:350$000"

Data: 24 de junho de 1895. Dinheiro ao Dr. José Marcondes de Andrade Figueira para custas no processo do patrimônio do Campo Bello 360$000

Data: 30 de junho de 1895. Dinheiro ao Dr. José Marcondes de Andrade Figueira para custas no processo do patrimônio do Campo Bello 200$000.
projeto partilha disse…
Maria de Moraes Ribeiro, ou Maria Ribeira do Vale, filha de André do Vale Ribeiro e de dona Teresa de Moraes, é irmã de ÃNGELA DE MORAES RIBEIRA (Ribeiro), mãe de José Joaquim Gomes Branquinho da Fazenda Boa Vista e sede do DISTRITO DA BOA VISTA, Lavras do Funil.
Maria de Moraes Ribeiro (Ribeira), TIA DE JOSÉ JOAQUIM GOMES BRANQUINHO, da FAZENDA BOA VISTA (Carmo da Cachoeira),casou-se com Antônio de Brito Peixoto, e foram pais de Jerônimo de Andrade Brito.
Em 1802, dona Ana Rodrigues de Jesus, casada em primeiras núpcias com Belchior de Araújo Sampaio e em segundas núpcias com Domingos Carvalho da Cunha, moradora na FAZENDA DAS PITANGUEIRAS, Aplicação da Capela do Espírito Santo, freguesia de Lavras do Funil, em seu inventário diz:
"todos vizinhos para entre eles escolher o que lhe parecer (...)" e cita os seguintes nomes: o Ajudante JERÔNIMO DE ANDRADE BRITO, o tenente Manoel Joaquim de Andrade, o capitão Antonio Ribeiro da Silva ou Francisco Tavares.

Sylvestre Fonseca e João Liberal, em sua obra Álbum de Varginha, fls. 138. Ano - 1918, diz:
FAZENDA DAS PITANGUEIRAS

Propriedade de Matheus Tavares da Silva. Situada a quinze quilômetros da cidade, possue uma área de 140 alqueires de terras, comprehendendo nesse número 35 de cafezaes, produzindo em média 4.000 arrobas de café por safra. Lavoura de cereaes e de cana. Indústria pastoril bastante desenvolvida, com 180 rezes de criar. Indústria de aguardente.
projeto partilha disse…
Existe um termo no livro Fabrica, da Freguesia do Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, datado de 20 de abril de 1876, onde aparecem juntas 3 assinaturas: a de Antônio Máximo Nogueira Penido; a de Antonio Dias Pereira de Oliveira; e a de Jacinto Pinto de Oliveira e Novaes.
projeto partilha disse…
Sob o título COVAGEM, o livro Fábrica da Freguesia do Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, registra alguns nomes referentes aos anos de 1876 a 1881. A leitura deverá ser feita de forma a não considerar a data, como sendo a do sepultamento da pessoa. A covagem poderia ter sido solicitada para sepultamento de escravos e ou de um de seus parentes. Obviamente, em alguns casos, será para o sepultamento da pessoa nominada. Estão relacionados os seguintes nomes:
Felícia Balbina Vilella
Maria Clara Umbelina
Luciano Pereira penha
Joaquina Maria de Jesus
Carlotta J. de Jesus
Juventino Gomes de Aguiar
João Ponciano Patrício
Silvério J. de Oliveira
Joaquim Alexandre de Deus
João Pedro da Fonseca
João Garcia de Figueiredo
Luiz Antonio Bottrel
Joaquim Gomes do Nascimento
Marciano Florêncio Pereira
(ilegível) da Família Cândida Agostinha de Jesus 5$000
Importância da covagem da Família Manoel Francisco 12$000
João da Matta Ribeiro Marcelina J(ilegível) de Andrade
Joaquim Paula Monteiro
Domingos José de Oliveira
Domingos André de Oliveira
João Ferreira da Rocha
Albino Dias dos Santos
Anna Antonia do Nascimento
Antonio Narciso de Brito
Bernardes Theotonio da Silva
Maria Ferreira do Nascimento
Bernardo (?) Jacinto de Gouvêa
Elearquim José Leite
João Baptista Flausino
João André da Costa
André de Sousa de Oliveira
João Baptista Evangelista
Domiciano José Faustino
Messias Fernandes Avelino
Francisca Teixeira de Jesus
Joaquim Florêncio
Francisco Norberto Pereira
Francisco Esteves de Oliveira
José de Tal Praxedes
José Campos do Nascimento
João Vicente Diniz
Maria Bárbara
Margarida Maria de Jesus
José Pinto da Costa
Arão Pereira do Lago
Antonio Godinho Louro
Carolina Cândida Pereira
Elearquim José da Cruz
Luiz Graciano da Silva
Josepha Maria de Jesus
Jacintha Francisca de Jesus
José Baptista Ambrósio
Aureliano Procópio Naves
Anna Isabel de Jesus
Francisco Nunes das Chagas
Joaquim José Ferreira
João José de Sant´Anna
João Pedro da Fonseca
João Cunha
João Antonio Naves
Manoel Francisco Xavier Sobrinho
Francisco Antonio Ferreira
Quirino Gomes do Nascimento.
Observação: Neste livro aparece, VISTO, e assinado por Fernando Alfonso de Mello, em 22 de novembro de 1881.





















Felícia Balbina Vilella

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.