Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Correspondência recebida.





de: anônimo

O saber e a guiança interna que muito, ao ensurdecerem, deixaram de escutar.

"Os sertanejos, quando prevêem as chuvas, ventos ou qualquer modificação no clima, despreocupam-se das leis meteorológicas, porque 'sentem' muito antes do fenômeno. Esses fenômenos sempre existiram anteriormente à descoberta dos Princípios esposados pela Meteorologia, mas os caboclos já o 'sentiam' noutras dimensões, e os assinalavam com êxito, embora não pudessem explicar cientificamente. Antes de conhecerem as leis de que se trata, os cientistas punham em dúvida o estranho sentir dos sertanejos, que previam mudanças climatéricas através de algo oculto que lhes falava no íntimo da alma, mas os sertanejos já estavam habituados a confiar nessa 'fala', pouco lhes importava que a ciência cresse ou descresse das suas premonições".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.