Correspondência recebida:





de: Rui Nogueira

O saber é o sol da vida!

Como um sol, irradie os seus conhecimentos. Como o sol irradia a sua energia permitindo a construção e a própria existência da vida, distribua os seus conhecimentos estimulando o crescimento de sua comunidade na direção de termos o mundo como um lugar bom para todos viverem.O seu saber pode ser um sol para muitas vidas!

O Saber!

A verdadeira sabedoria é a de buscar estudar e aprender coisas úteis e proveitosas para você e para o o próximo.

Saber viver é ganhar experiência com os erros dos outros, portanto, aprenda o mais que puder em todos os ramos do saber para iluminar, ao máximo, o seu espírito e errar o menos nos percalços da vida.

Aproveite todos os minutos, lembrando que a leitura é um poderoso instrumento para aumentar os seus conhecimentos. Com o livro podemos aprender o que os outros sabem.

Não pense exclusivamente no saber livresco, no decorar autores e em citações de trechos, nem mesmo no acúmulo de informações que os meios de comunicação entulham na nossa mente. Não confunda informação com cultura e esta com sabedoria.

Saber não é ser expectador da vida. Assistir jogos não nos torna capazes de jogá-los.

Quanta coisa vem de fora para dentro, penetra pelos olhos e ouvidos, há o que se fixa em nosso cérebro e o que transita sem atenção. Isto pode formar um lastro de cultura, dados que se acumulam e se assemelham nas mesmas comunidades.

Procure, entretanto, a sabedoria que nasce, que surge de dentro de nós, formada a partir de muito pensar, reflexões e meditações.

Esta não é a sabedoria privilégio dos letrados, dos vaidosos, exibidores de cultura, mas dos que souberam meditar e cultivar em suas almas as grandes verdades.

O saber é o sol da vida humana porque é energia que faz as transformações da vida, a energia dos movimentos de renovação do pensar humano.

Saber o que somos, ter conhecimento, conhecer a essência, é fonte de evolução e transfiguração da vida humana.

O saber é o sol da vida humana.

Quanto sofrimento surge pela falta de conhecimento!

Sei que a vacina evita a doença.

Sei que preciso de uma alimentação equilibrada.

Sei das coisas que devem ser evitadas.

Seu que todos os objetos e alimentos que usamos vêm da natureza.

Comentários

Anônimo disse…
SABER-FAZER

O saber-fazer é o cerne da atividade humana.
Saber-fazer é conhecer, é dominar a tecnologia.
Na prática, para a sua sobrevivência, para o atendimento de suas próprias necessidades básicas, o que você sabe fazer?
Um calçado? O seu sapato?
Uma folha de papel?
As roupas que usa? Será capaz de fazer alguma coisa?
Nas cidades não existe o plantar para comer, mas há quem saiba fazer a sua própria comida.
Sem árvores frutíferas à volta não há o que comer, apenas o comprar. Mas há o saber-fazer doce, saladas, bolos, biscoitos.
Mas há situações ótimas! Saber-fazer para atender o gosto da ingenuidade infantil - o saber-fazer um carrinho, uma pipa, papagaio ou pandorga, um boneco.
Não é só você que precisa saber-fazer, é muito importante a sua comunidade saber fazer o lque é de seu uso. Por que fazer fora?
Desenvolver a SIMBIOSE - um ajuda o outro a viver -, preferindo os produtos da própria comunidade e, aí, o conjunto terá uma vida melhor.
O leite produzido no município, a manteiga, as verduras, os cereais, os doces, as roupas, os calçados, quantas coisas podem ser feitas na própria comunidade!
Por outro lado, quantas comunidades, povoações e até nações já não foram dizimadas por falta de conhecimento, por não saber-fazer.
Um terrível exemplo é o confronto entre os que conhecem a pólvora - com armas de fogo e canhões -, contra os que conhecem apenas tacape, arco e flecha. Madeira não tem chance contra ferro e pólvora.
Portanto, não é só o saber-fazer individual, mas o coletivo, o da comunidade, o do País, que é muito importante.
Quanta coisa! Que lista enorme de conhecimento e saber-fazer pode ser elaborada numa Nação!
Do plantar ao industrializar.
Dos pequenos objetos ao avião.
Quanta coisa a extraordinária capacidade brasileira desenvolveu no saber-fazer!
Mais de seiscentos componentes tecnológicos dos aviões de EMBRAER.
Boa parte das fibras ópticas usadas nas comunicações.
Os cartões magnéticos para os telefones. O registro do número do telefone que está originando a chama (BINA).
Toda a tecnologia dos motores à álcool e o funcionamento com óleos vegetais - combustíveis renováveis e não poluentes.
O álcool foi o único substituto encontrado no mundo para tomar o lugar da gasolina e com muita vantagem!
Toda a tecnologia de prospecção de petróleo a grandes profundidades (PETROBRÁS).
Saber-fazer é conhecer, é dominar a tecnologia. Conquista que envolve o estímulo à leitura, o estudo, a discussão, o debate de idéias, o caminho para atingí-lo.
O monopólio do saber-fazer, a tecnologia, tem sido há séculos uma maneira de dominar e escravizar populações.
Permaneceremos, neste novo século, com a mesma mentalidade atrasada e o mesmo sistema perverso de privilégios?
Ajude! O mundo tem de ser um lugar bom para todos viverem.
O Saber-fazer é o cerne da atividade humana.
projeto partilha disse…
A postagem acima´faz parte do conteúdo do livro 'NOVA CONSCIÊNCIA - Século XXI". Autor e direitos autorais concedidos a RUI NOGUEIRA. Primeira edição, abril de 2005. Editoração e diagramação: Jerônimo Navajas.
Capa Rui Nogueira (concepção) e Jerônimo Navajas (arte final).
Ilustrações: Juarez Leite.
Logo NAÇÃO DO SOL - marca registrada autorizada.

Contatos com o autor pelos endereços eletrônicos:
rui.sol@bol.com.br
rui.sol@ambr.com.br

Impresso nas oficinas da Imprinta Gráfica e Editora Ltda.
Rua João Romariz, 285 - Parte - Ramos - Rio de Janeiro.

CDU 171
CDD 170.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.