Sebastião Modesto e a educação e os transportes.


Desde a sua posse o Prefeito Sebastião Modesto de Oliveira, numa visão global dos problemas do município, e que não eram poucos, foi procurando resolvê-los da melhor maneira possível. Assim, no setor da instrução, que muito deixava a desejar, realizou ele as seguintes obras:

- em convênio dom a Secretaria da Educação a reforma e a ampliação do prédio da Escola Estadual de 1º Grau, de 5ª a 8ª série (ex-Ginásio Estadual);
- participou da ampliação da Escola Estadual "Pedro Mestre" e da Escola Rural de "Boa Esperança";
- por conta da Prefeitura, construiu os prédios das escolas rurais das seguintes fazendas: Floresta, Santa Helena, Varginha, Ponte Falsa, Guanabara, Esplanada e Pinheiros;
- em convênio tem programada a reforma das escolas do Espraiado e da Serra e a construção da Escola da Chamusca; e
- por intermédio de bolsas de estudo tem apoiado a Escola Nossa Senhora do Carmo (Lei Nº 1.494/2004), 2º Grau, que sem esse auxílio, já teria desaparecido.

Na parte referente ao transporte, até agora1 fez o seguinte:

- reforma de seis pontes de tamanho médio;
- reforma de 28 mata-burros de ferro e construção de mais dezoito;
- construção de sete pontilhões de ferro com cimento armado, que foram doados pela Secretaria de Obras do Governo Estadual, por intermédio do Secretário, Dr. Carlos Eloy; e
- uma ponte de cimento armado no Rio Capetinga, a primeira construída no município.

A construção da Estação Rodoviária, uma de suas obras mais importantes até agora e que deverá ser inaugurada em breve.

Prof Wanderley Ferreira de Rezende

trecho do Livro: Carmo da Cachoeira: Origem e Desenvolvimento.

Próxima matéria: Várias versões, mesmo fato, assim se faz a história.
Matéria Anterior:
Uma carta do Prof. Wandico para você.

1. Matéira editada 0riginalmente em 1980.

Comentários

projeto partilha disse…
Continuação. Casamentos realizados na Freguesia do Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. Ano 1888.
Raimundo e Leodora, na Igreja Matriz. Testemunhas: José Alves de Figueiredo Primo e Joaquim R. de Rezende;
José e Rita, na Igreja Matriz. Testemunhas: Álvaro Dias Pereira de Oliveira e Severino Ribeiro de Rezende Naves;
Francelino e Sebastiana, na Ermida de Domingos T. de Rezende. Testemunhas: João Urbano de Figueiredo e Antonio José T. de Rezende;
(escravos), na faz. de Domingos Teixeira de Rezende. Testemunhas: Antonio José T. de Rezende e João Urbano de Figueiredo;
Egídio e Blandina, na fazenda de Domingos Teixeira de Rezende. Testemunhas: João Urbano de Figueiredo e José Serafim;
Lucas e Ricardina, na Ermida da fazenda de Domingos Teixeira de Rezende. Testemunhas: José Augusto de Rezende e G. Balbino dos Reis;
Pedro Hermenegildo do Nascimento e Venância Maria Alves, na Igreja Matriz. Testemunhas: Joaquim Antonio do Nascimento e Francisco de Assis Reis;
Moisés e Felisbina, na Igreja Matriz. Testemunhas: João Jorge da Silva e Eugênio Benedito da Silva;
Paulino e Francisca, em Luminárias. Testemunhas: Vicente Ferreira Mafra e José;
Agostinho e Marciana, na Igreja Matriz. Testemunhas: Emílio Gomes R. da Luz e Francisco de Paula Ferreira;
Jerônimo José da Silva e Isabel de Souza Fonseca, na Igreja Matriz. Testemunhas: João Tomaz de Aquino Vilela e Eugênio José da Silva.
(continua)
projeto partilha disse…
Continuação. Casamentos. Ano de 1888: Francisco Genciano das Chagas e Leandra Amália de Jesus, na Igreja Matriz. Testemunhas: Álvaro Dias Pereira de Oliveira e Joaquim Garcia Fonseca;
Irineu e Sabina, na Igreja Matriz. Testemunhas: Antonio B. da Costa e José Vilela de Rezende;
Mizael e Rosária, na Igreja Matriz. Testemunhas: Domingos A. Teixeira e João Batista Domiciano;
José Veríssimo da Silva e Leopoldina Vilela Teixeira, na Igreja Matriz. Testemunhas: Joaquim P. de Figueiredo e Eugênio B. da Silva;
Balbino e Filomena, na Igreja Matiz. Testemunhas: Martinho D. de Oliveira e Luiz Antonio Costa;
Maximiano e Anacleta, na Igreja Matriz. Testemunhas: João Tomaz de Aquino Vilela e Valério;
Luiz e Felícia, na Igreja Matriz. Testemunhas: João Cândido da Costa e Álvaro Dias Pereira de Oliveira;
Antonio e Filomena, na Igreja Matriz. Testemunhas: Antonio Garcia dos Reis e Álvaro Dias Pereira de Oliveira;
Vicente e Generosa, na Igreja Matriz. Testemunhas: João Antonio dos Reis e Francelino;
Júlio e Bernardina, na Igreja Matriz. Testemunhas: Augusto José da Silva e Francisco Garcia dos Reis;
José e Martinha, na Igreja Matriz. Testemunhas: Augusto José da Silva e Francisco Garcia dos Reis.
(continua)
projeto partilha disse…
Continuação. Casamentos. Ano de 1888:Domingos e Júlia, na Igreja Matriz. Testemunhas: João Batista da Fonseca e Francisco Genciano das Chagas;
Severino e Cândida, na Igreja Matriz. Testemunhas: Manoel Alves Teixeira e João Batista Eufrosino;
Augusto Ribeiro Naves e Olímpia Generosa dos Reis, na Igreja Matriz. Testemunhas: Domingos Alves Teixeira e outros;
Eugênio Antonio de Souza e Jacinta Maria de Oliveira, na Igreja Matriz. Testemunhas: Joaquim Garcia da Fonseca e Eugênio B. da Silva;
Bruno e Francisca, na Igreja Matriz. Testemunhas: Joaquim Fernandes dos Reis e João Caetano da Costa;
João e Ana, na Igreja Matriz. Testemunhas: Mizael Dias de Gouvêa e Adão;
Belizário e Luciana, na Igreja Matriz. Testemunhas: João Caetano da Costa e Firmino;
João Pedro da Fonseca e Joaquina Leopoldina de Jesus, na Igreja Matriz. Testemunhas: Teodoro Antonio Naves e João Antonio Naves;
Antonio Roiz Santiago (Rodrigues Santiago) e Mariana Leopoldina de Jesus. Testemunhas: Gregório A. de Figueiredo e José A. de Figueiredo;
Teodósio Azarias de Paula e Elisa Maria de Jesus, na Igreja Matriz. Testemunhas: Joaquim José Ferreira e Vitoriano Alves da Costa;
Camilo José da Costa e Ana Cândida de Mendonça, na Igreja Matriz. Testemunhas: José Ferreira Pinto e Joaquim B. da Fonseca;
Sebastião José da Silva e Antonia Maria do Espírito Santo, na Igreja Matriz. Testemunhas: Tiburcio de B. Silva e Eugênio Adelino de Souza;
Luiz Antonio da Costa e Narcisa, na Igreja Matriz. Testemunhas: José F. Mariano e Davi Machado de A. Monteiro;
Silvestre Antonio da Cruz e Umbelina Anastácia de Jesus, na Igreja Matriz. Testemunhas: João Sabino e Davi Machado de A. Monteiro;
Américo Antonio de Carvalho e Vitalina Ferreira Rosa, na Igreja Matriz. Testemunhas: Eduardo Alves de Gouvêa e Francisco Garcia dos Reis;
Francelino e Antonia, na Igreja Matriz. Testemunhas: Joaquim José de Lima e Camilo;
Tiburcio Domingos de Angola e Idalina, na Igreja Matriz. Testemunhas: João Antonio Naves e Teodolindo da S. Serra Negra;
Pedro e Idalina, na Igreja Matriz. Testemunhas: José Divino dos Reis e Luiz Antonio da Silva;
Veríssimo e Inês, na Igreja Matriz. Testemunhas: Roque e José André;
Pedro Luiz de Andrade de Figueiredo e Maria de Rezende, na Igreja Matriz. Testemunhas: Joaquim Gonçalves da Fonseca e Eugênio B. da Silva.
(continua)

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.