Água, fonte de vida e esperança.

Comentários

leonor disse…
Ontem, a partir do período da tarde, Carmo da Cachoeira, no Sul de Minas Gerais foi agraciada e abençoada com a presença das primeiras chuvas da temporada. Embora seguida de raios e trovões, que levaram os animais a buscar a presença de humanos, assustados que ficaram com os estrondos e os ruídos intensos, alimentou a terra, refrescou o ambiente, lavou as folhas das árvores, gramados, ruas, enfim, foi uma festa, e se prolongou por toda a noite. Graças ao Criador que nos supre e por nós vela. Perdão Senhor pelos atos humanos que gerou as tomadas deste clique. A humanidade vive seus dias de infância e, certamente, pagará por sua ingenuidade.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.