Família Maciel de Carmo da Cachoeira-MG.


Ajude-nos a contar a história de Carmo da Cachoeira. Aproveite o espaço "comentários" para relatar algo sobre esta foto, histórias, fatos e curiosidades. Assim como casos, fatos e dados históricos referentes a nossa cidade e região.

Próxima imagem: Nardo, arte em teclagem em Carmo da Cachoeira-MG.
Imagem anterior: Sete de Setembro em Carmo da Cachoeira em 1977.

Comentários

projeto partilha disse…
Da direita para a esquerda, a segunda pessoa é uma mulher. Ela é a Teresa Maciel do Nascimento. Sentados, seus pais. Sua mãe, irmã do Pe. Manoel Francisco Maciel e do Cartorário Dr. Antonio Bonifácio Maciel. Em pé, além da Teresa, seus irmãos, os sobrinhos do Cônego Maciel, por parte de mãe.
projeto partilha disse…
Ano - 1888. Local - Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. Documento - "Manuscritos", de livros paroquiais da Freguesia do Carmo da Cachoeira, Casamentos:
Continuação.
Em São Tomé das Letras, Cipriano Lopes Guimarães e Francisca Leopoldina de Jesus. Testemunhas: João F. de Figueiredo e João Batista da Silva;
Benjamim e Teodora, na Igreja Matriz. Testemunhas: Joaquim José Ferreira e Manoel Pedro Costa;
João Ramos da Silva e Maria Máxima de Jesus, na Igreja Matriz. Testemunhas: Urbano dos Reis Silva e João Flávio DE MORAIS; Lucas e Lina, na Igreja Matriz. Testemunhas: Joaquim R. de Rezende e José Alves de Figueiredo;
Germano e Joana, na Igreja Matriz. Testemunhas: Teodoro Antonio Naves e Gregório Alves de Figueiredo;
Antonio e Francisca, na Igreja Matriz. Testemunhas: Augusto Ribeiro Naves e Antonio Alves da Silva;
José Salgado de Abreu e Ludovina Paulina de Jesus, na Igreja Matriz. Testemunhas: José Batista da Fonseca e Joaquim José F. de Azevedo;
Joaquim Cândido Gomes e Maria das Dores Silva, na Igreja Matriz. Testemunhas: Cândido J. Ferreira e João Vilela de Rezende;
Zózimo e Cecília, na Ermida da Lagoinha. Testemunhas: Domingos Alves Ferreira e Cândido;
Matias e Marcolina. Testemunhas: Joaquium R. de Rezende e Augusto Carlos Botrel, na Igreja Matriz.
Herculano e Rosina, na Igreja Matriz. Testemunhas: Antonio Justiniano dos Reis e Manoel dos Reis Silva;
Felix e Olívia, na Igreja Matriz. Testemunhas: Gabriel dos Reis Silva Júnior e Francisco de Assis Reis;
Paulino e Cristina, na Igreja Matriz. Testemunhas: José M. Teixeira Júnior e José Balbino dos Reis;
Sebastião e Ana Antonia de Jesus, na Igreja Matriz. Testemunhas: José Balbino dos Reis e José André;
Manoel e Beralda, na Igreja Matriz. Testemunhas: Dr. Matias Vilhena e Miguel Antonio de Freitas;
Martinho e Severina, na Igreja Matriz. Testemunhas: Eduardo Alves de Gouvêa e Dr. Matias Vilhena;
Jacinto e Felicidade, na Igreja Matriz. Testemunhas: João Batista da Fonseca e Manoel Pedro da Costa;
Manoel e Joaquina, na Igreja Matriz. Testemunhas: André Fernandes dos Reis e José Veríssimo da Silva;
José Domingues e Agostinha, na Igreja Matriz. Testemunhas: Joaquim R. de Rezende e João Vilela de Rezende;
Francisco Antonio da Fonseca e Ana Purcina do Nascimento, na Igreja Matriz. Testemunhas: Cristiano X. da Fonseca e João Batista Evangelista;
José Henriques Dias e Francisca Cândida de Jesus. Testemunhas: João Batista dos Santos e Pedro Hermenegildo do Nascimento;
Tomé e Batista, na Igreja Matriz. Testemunhas: Arlindo M. da Fonseca e João Batista dos Santos;
Raimundo e Ricarda, na Igreja Matriz. Testemunhas: Manoel dos Reis Silva e Ernesto Dias de Oliveira;
Cândido e Isabel, na Igreja Matriz. Testemunhas: José Francisco Pimenta e Francisco Glicério Chagas;
Balbino e Narcisa, na Ermida da Barra. Testemunhas: João Caetano da Costa e Francisco Daniel da Costa;
Rodrigo e Dulce, na Igreja Matriz. Testemunhas: Francisco Daniel da Costa e Francisco P. Rezende;
Paulino e Vicência, na Igreja Matriz. Testemunhas: João Antonio Naves e Gregório Alves de Figueiredo;
Rufino Dantas e Lúcia, na Igreja Matriz. Testemunhas: Glicério das Chagas e Tomé Francisco Ribeiro.
(continua)
projeto partilha disse…
Existe uma fazenda pouco citada pelos autores que se detiveram no estudo do território onde hoje está o Município de Carmo da Cachoeira, no entanto, é bem trazê-la à luz de novos estudos:


FAZENDA DA COVOCA. Lá, pelo que temos conhecimento hoje, estavam ancestrais, inclusive, da Família Rezende. Quem fala muito da COVOCA, é a professora Neusa, funcionária da Escola prof. Wanderley Ferreira de Rezende. Seus avós moraram lá e, na época, pertenceu ao conglomerado do Distrito da Boa Vista. Devemos nos lembrar, para que não incorramos em erros conceituais de que, o DISTRITO DA BOA VISTA, pertencia a LAVRAS DO FUNIL . A professora Neusa e sua filha Walkiria falam de uma de suas ancestrais, dona MARIA DA COVOCA, e conta muitos casos.
Anônimo disse…
ANTONIO FERREIRA PINTO BARRA.


Aos treze dias do mês de outubro do ano de hum mil oitocentos e oitenta e oito, na casa de FRANCISCO DE PAULA BATISTA, desta Freguesia do Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, depois das denunciações canônicas e mais formalidades prescritas não aparecendo impedimento algum por palavras de presentes, na forma do Ritual, receberam-se em matrimônio ANTONIO FERREIRA PINTO BARRA e ALBERTINA CEZARINA DA FONSECA.


Antonio Ferreira Pinto Barra tem como irmãos: Maria Carolina Ferreira; Joaquim Ferreira Pinto Barra; José Ferreira Pinto Barra; Anna Carolina Pinto Barra; Cândida Carolina Ferreira; Vicente Ferreira Pinto; João Ferreira Pinto e Elizário Ferreira Pinto. Filhos de Antonio Pinto Ribeiro e dona Helena Cândida Ferreira, também conhecida como Helena Cândida da Fonseca. Aparecem em Três Corações, na FAZENDA DA BARRA, com José Ferreira Pinto Barra.

No Campo Formoso e com nome de rua na cidade de Lavras, Minas Gerais, Francisco Batista da Fonseca, casado com Mariana Cândida da Fonseca, também conhecida como Mariana Cândida Ferreira e pais de Afonsina Corina da Fonseca e Elisa Cândida da Fonseca, diretora escolar do Colégio Varginhense, no Município de Varginha e tida como MESTRA EXEMPLAR. Dona Afonsina Corina da Fonseca casou-se com José Ferreira Pinto Barra, pais de Mariana Barra do Prado; Helena Pereira da Silva; Maria Afonsina Cambraia; Evelina Afonsina da Fonseca Musa (Mursa) e Antônio Pinto da Fonseca. Dona Elisa Cândida da Fonseca, casou-se com Joaquim Ferreira Pinto.

A Família tem parentesco com Francisca de Souza Villela Pereira da Fazenda da Serra, em Pouso Alto, Minas Gerais. Outros nomes ligados são: Francisco Modesto de Souza e Maria Cândida de Jesus. Ana Gabriela de Souza, filha de Francisco Modesto de Souza e Mariana Alexandrina de Souza.
Alexandre Pinto de Aguiar Villela, do Termo de Baependi e morador no Distrito da Pouso Alto.
projeto partilha disse…
Observação. Por lapso, o comentário anterior aparece com anônimo. Leia-se, por favor, aceitando nossas desculpas, PROJETO PARTILHA. Foi a pressa injustificável, a causadora do erro na postagem.
projeto partilha disse…
Últimos casamentos do livro de n. 1da Freguesia do Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. Ano - 1888
Casa de Francisco de Paula Batista. Antonio Ferreira Pinto Barra e Albertina Cezarina da Fonseca. Testemunhas: Estevam Tertuliano Alves e Joaquim Ferreira Barra;
casa de Francisco de Paula Batista, Joaquim Antonio Espíndola e Maria Luiza. Testemunhas: João Batista de Figueiredo e Domingos Lopes Guimarães;
João Batista da Silva e Ana Elisa do Nascimento, na Igreja Matriz. Testemunhas: Francisco de Paula B. da Fonseca e Joaquim B. Batista;
Joaquim e Martinha, na Igreja Matriz. Testemunhas: Augusto R. Naves e Urbano dos Reis Silva;
Joaquim e Antonia Conceição Terra, na Igreja Matriz. Testemunhas: Augusto R. Naves e José Cândido Vilela;
João Severino e Vitalina, na Igreja Matriz. Testemunhas: João Antonio de Souza e José Balbino dos Reis;
Cristiano das Chagas Pereira e Zeferina Luiza de Rezende, na Igreja Matriz. Testemunhas: Francisco S. da Fonseca e cap. João B. F. Alves;
José Antonio da Silva e Generosa Amélia de Jesus, na Igreja Matriz. Testemunhas: Dr. Matias A. M. de Vilhena e Augusto F. Alves;
Gabriel e Constança, na Igreja Matriz. Testemunhas: João de R. Branquinho e Antonio R. de Rezende;
Luiz Silvino Mafra e Maria Madalena de Jesus, na Capela de São Bento. Testemunhas: José A. A. Paranaiba e Antonio de A. Junqueira;
Francisco e Porfíria, na Igreja Matriz. Testemunhas: Antonio de Rezende Vilela e Casemiro J. Eduardo;
José Damásio da Silva e Gertrudes Justina Alves. Testemunhas: Joaquim Garcia da Fonseca e Antonio A. de Rezende;
José Ferreira da Silva e Ana Jacinta de Jesus, na Igreja Matriz. Testemunhas: Adelino José Ferreira e Zeferino Antonio Júlio;
Francisco Roberto do Nascimento e Leopoldina Conceição da Paz. Testemunhas: Antonio Justiniano dos Reis e Gabriel dos Reis Silva.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.