Carmo da Cachoeira é finalmente localizada no mapa.


Na campanha política de 1976, o MDB apresentou como seu candidato ao cargo de prefeito o Sr. Wanderley José Bittencourt, em oposição ao candidato arenista, Sr. Sebastião Modesto de Oliveira. A luta desenvolveu-se como as anteriores e, realizadas as eleições a 23 de novembro de 1976, foi vencedor o candidato da ARENA, que tomou posse no dia 1º de fevereiro de 1977.

Em abril daquele ano, em crônica publicada no jornal local, "Impulso" que infelizmente teve vida efêmera, depois de várias considerações sobre o novo Prefeito, eu escrevia o seguinte:

"O que nos resta é saber se o atual Governador Mineiro1 está resolvido a reconhecer que Carmo da Cachoeira é também um município localizado no mapa de Minas Gerais porque a verdade, a triste e verdadeira verdade é que até agora os nossos governantes estaduais pareciam ignorar nossa existência como parcela da comunidade mineira. Para nossa felicidade e trazendo-nos um raio de esperança, ainda nisto parece-nos que as coisas irão melhorar, porquanto o Prefeito Sebastião Modesto, em alguns encontros que já manteve com o eminente Governador Antônio Aureliano Chaves de Mendonça, recebeu dele algumas promessas e acreditamos que tais promessas serão cumpridas".

Pois bem. As promessas foram cumpridas e o nosso prefeito recebeu todo o apoio do governador Aureliano Chaves, apoio que continua recebendo do atual governador, Francelino Pereira dos Santos. Graças a esse apoio tem podido realizar uma administração proveitosa ao município, como poderemos observar no desenvolvimento deste capítulo de nossa História. Antes, porém, queremos deixar aqui esclarecido, para que os pósteros tomem conhecimento, que foram os dois governadores, Antônio Aureliano Chaves de Mendonça e Francelino Pereira dos Santos, os descobridores de Carmo da Cachoeira, isto é, os primeiros a saber que no Estado de Minas Gerais existe também um município que tem o nome de Carmo da Cachoeira. Aos dois, por conseguinte, a gratidão dos cachoeirenses.

Prof Wanderley Ferreira de Rezende

trecho do Livro: Carmo da Cachoeira: Origem e Desenvolvimento.

Próxima matéria: Sebastião Modesto e a educação e os transportes.
Matéria Anterior:
Uma carta do Prof. Wandico para você.

1. Texto escrito em 1980.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.