Nardo, arte em tecelagem em Carmo da Cachoeira-MG.


Ajude-nos a contar a história de Carmo da Cachoeira. Aproveite o espaço "comentários" para relatar algo sobre esta foto, histórias, fatos e curiosidades. Assim como casos, fatos e dados históricos referentes a nossa cidade e região.

Imagem anterior: Família Maciel de Carmo da Cachoeira-MG.

Comentários

projeto partilha disse…
Trabalho em tecelagem. Faz parte do acervo de "Nardo", artista plástico em Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. Fotos de outros trabalhos dele, e que fazem parte do arquivo do Projeto Partilha, serão postados conforme andamento de nosso trabalho.
PROJETO PARTILHA disse…
Além da tecelagem, Nardo tem em seu acervo muitas telas em óleo. Ontem, ao cruzar com sua mãe nas ruas da cidade, ela me disse da intenção de Nardo em fazer utilizando a técnica "Óleo sobre Tela", a reprodução da arquitetura atual da Igreja Matriz. Disse-me ela, "ele vai por um banquinho lá na praça, e pintar a Igreja seguindo o que está hoje, e no próprio local". Nardo, que seu ideal seja realizado, e que esta tela possa compor com as outras expostas na SALA PE. ZÉQUINHA, no interior da Matriz de Nossa Senhora do Carmo. As telas que estão lá expostas foram doação dos artistas plásticos cachoeirenses Maurício José Nascimento e Meire de Oliveira Vilela Alvarenga. Com a tela que o Nardo desenvolverá, será o terceiro artista a participar do espaço cultural, na SALA PE. ZEQUINHA. Hoje, os visitantes verão lá: A casa de MANOEL ANTONIO RATES, século XVIII; a Igrejinha de São Antonio do povoado da Estação; A praça do Carmo, século XIX; o correio dos finais do século XIX; a demolida Igreja do SENHOR DOS PASSOS. Todas as telas em óleo sobre tela.
projeto partilha disse…
Ano - 1868. Tipo de documento: Batizados, através de manuscritos a partir de Livros Paroquiais locais. Continuação:
Estevão, crioulo, na Capela de São Bento do Campo Bello, filho legítimo de Severino e Florência. Padrinhos: Zeferino e Severina;
Generosa, crioula, Capella de São Bento do Campo Bello, filha legítima de Alexandre e Maria;
Maria, branca, na Capella de São Bento do Campó Bello, filha legítima de Francisco de Assis Souza e Constância Theresa de Jesus. Padrinhos: Gabriel Flávio da Costa e dona Anna Clementina de Souza;
João, pardo, na Capella de São Bento do Campo Bello. Padrinhos: José Pardo e Maria. Filho natural de Feliciana Pimenta de Jesus.
João, pardo, na Capella de São Bento do Campo Bello, filho natural de Claudiana ou Claudina Maria Luiza. Padrinhos: Cândido José Marinho e Francisca Raymundo de Paula;
Antonio, pardo, na Igreja Matriz, filho legítimo de João Feliciano de Oliveira e de Maria do Carmo. Padrinhos: José de Oliveira Ezequiel e Maria Vicência de Brito;
Gabriela, branca, na Igreja Matriz, filha legítima de Antonio Ferreira de Aquino e de dona Marianna Gabriela Junqueira. Padrinhos: Major João Francisco de Aquino e de dona Cândida Bernarda de Andrade.
projeto partilha disse…
Continuação: batizados, ano de 1868, na ordem sequencial em relação ao comentário anterior:
José, branco, Igreja Matriz, filho legítimo de José Pinto da Costa e Anna Silvéria de Jesus. Padrinhos: Ignácio Domiciano de Carvalho e Maria Antonia Ribeira (Ribeiro?);
Philomena, crioula, na Igreja Matriz de São Tomé das Letras, filha legítima de Francisco Guiné e Rita Crioula. Padrinhos: Antonio Delmindo de Andrade e dona Maria Theresa Costa;
Philomena, parda, na Igreja de São Bento do Campo Bello, filha natural de Anna Custódia Leandro. Padrinhos: João Paula Garcia e Jesuína Maria de Jesus;
Ignácia, crioula, Igreja Matriz, filha legítima de José Aphonso (Affonso) e de Ilina. Padrinhos: João Narciso Coelho e Edwiges Theresa Conceição;
Elias, pardo, Igreja Matriz, filho legítimo de José Aleixo Xavier e Flausina Maria de Jesus. Padrinhos: Elias Francisco Xavier e Flausina Maria de Jesus;
Maria, branca, na Ermida de Antonio Joaquim Alves, filha legítima de João de Gouvêa e de dona Marianna Clara de Gouvêa. Padrinhos: Antonio Joaquim Alves e Joana Maria;
José, branco, na Ermida dos Terras, filho legítimo de João Hermenegildo Vilella e dona Marianna Jesuína da Costa. Padrinhos: Gabriel Flávio da Costa e dona Anna Carolina dos Reis;
Joaquim, pardo, na Capella de São Bento do Campo Bello, filho natural de Rita Maria das Dores. Padrinhos: Estevão Ribeiro de Souza e Maria do Carmo da Costa;
aElisia, crioula, filha natural de Maria. Padrinhos: Luciano e Rita;
Anna, Igreja Matriz, filha legítima de Manoel Ferreira da Silva e Maria Carlota de Souza. Padrinhos Domingos Teixeira de Rezende e (não consta);
Augusto, branco, na Igreja Matriz, filho legítimo de João Antonio Naves e Ignácia Constância de Rezende. Padrinhos: Theodoro Antonio Naves e dona Jacintha Poncianna de Rezende;
Laurentina, filha legítima de Francisco Lopes Machado e Laureanna Ignácia de Jesus. Padrinhos: Eitamilão (?) da Cunha Muniz e Maria Felisardo de P. Andrade;
Amélia, crioula, no Oratório de Inácio José Alves, filha natural de Sabina. Padrinhos: Francisco e Umbelina;
Perciliana, parda, no Oratório de Ignácio José Alves, filha legítima de Francisco e Emília. Padrinhos: Valentina e Maria Clara de Jesus;
Anna, parda, na Igreja Matriz, filha legítima de Raphael Roiz de Tolledo (Rodrigues de Toledo) e Maria Rosa Lúcia de Jesus. Padrinhos: Francisco Baptista e Paulina Margarida de Jesus.
(continua)
projeto partilha disse…
Faz parte de "Outras Fontes Consultadas" pelo Projeto Partilha, alguns sites que gostaríamos de repassar para conhecimento dos internautas:
População de Minas Gerais na segunda metade do século XIX: Novas evidências. Autores: Maria do Carmo Salazar Martins; Maurício Antônio de Castro Lima e Helenice Carvalho Cruz da Silva. Pesquisa financiada pelo IPECA e divulgada no X Seminário sobre Economia Mineira.
Cf www.cedeplar.ufmg.br/diamantina2002/textos/...


Site: arvore - Windows Internet Explorer em,
www.selwa.uaivip.com.br/arvore/index.htm#TOC
Genealogia da Família Côrtes de Araújo. Ancestrais de Pedro Wilson Carrano Albuquerque.

Vejam um site que fala sobre um Padre, nascido em Carmo da Cachoeira, Minas Gerais: Pe. Antônio Braz de Figueiredo:
Site: C. Ss. R. Redemptor - Windows Internet Explorer em,
www.redemptor.com.br/default2.asp? ...

E, como curiosidades vejam:
* DONA FRANCISCA - rs em,
www.guiadosmunicipios.com.br/rs/Dona ...
"de Projeto Partilha: A casa onde funcionou o primeiro Ginásio de Carmo da Cachoeira ..."

* "A tentativa francesa de criação de um império colonial teve início no século XVI, quando uma expedição fundou a França Antártica (Rio de Janeiro, 1555) e mais tarde, a França Equinocial (Maranhão, 1612)". Texto em A VERDADE DA HISTÓRIA.2. Fachoda: Ultimatum britânico à França (1898).
Cf: Carrancas - mg - Windows Internet Explorer
Carrancas do desTratado de Lisboa
www.guiadosmunicipios.com.br/mg/Carrancas ... quarta-feira, 25 de junho de 2008.

*para os Místicos, AURORA:
"É comum buscarmos lugares de poder para nos alinharmos com as energias mais sutis", Cf. Texto de Allan Lopes Pires, em Confissões de um geobiólouco. AURORA, 1 Jun, 2008. AURORA, no interior do Uruguai, próximo à cidade de SALTO.
projeto partilha disse…
Continuação. Batizados, ano de 1868. Freguesia do Carmo da Cachoeira, Minas Gerais:
Cândido, pardo, na Igreja Matriz, filho legítimo de Gabriel Antonio Lúcio e Maria da Conceição. Padrinhos: José Antonio da Silva e Maria Vitória;
Antonio, filho natura de Maria Christina de Jesus. Padrinhos: José Alves de Figueiredo e Escolástica Maria de Jesus;
Antonio, crioulo, na Capela de São Bento do Campo Bello. Padrinhos: Geraldo e Joaquina;Evaristo, crioulo, filho legítimo de Nicolau e de Clara, na Capela de São Bento do Campo Bello. Padrinhos: Francisco e Prudenciana;
Francisco, branco, na Igreja Matriz, filho legítimo de Joaquim e de Maria. Padrinhos: João Nestle e Francisca Teixeira de Carvalho;
Umbelina, na Igreja Matriz, filho legítimo de João e Joanna. Padrinhos: Theodoro Naves e Jacintha de Rezende;
na Ermida de Antonio Joaquim Alves, crioulo, filho legítimo de Bernardino e de Romana. Padrinhos: Gabriel e Júlia;
Brígida, parda, na Fazenda dos Tachos, filha legítima de Luiz Antonio Ferreira e Maria Jasmaria(?) de Jesus. Padrinhos: José Marcellino Teixeira e Izabel Teixeira de Rezende;
Francisco, branco, Matriz, filho legítimo de José Dias Ladeira e Marcellina Maria Luiza. Padrinhos: João Gomes Nascimento e Luciana Pand. (?) de Jesus;
José, pardo, capela de São Bento do Campo bello, filho legítimo de José Maria do Espírito Santo e Anna Iria de Jesus. Padrinhos: José M. A. Costa e Ignácia J. da Costa;
Antonio, pardo, Capela de São Bento do Campo Bello, filho legítimo de José Joaquim de Oliveira e Maria Cândida do Nascimento. Padrinhos: Antonio da Silva Machado e Maria Paulina Mafra;
Cândido, branco, na Ermida do Taquaral, filho legítimo de Custódio Vilella e Jacintha Ponciana Rezende. Padrinhos: Francisco de Paula Rezende e Cândida Luizia(?) de Rezende;
Antonio, branco, na Ermida do Taquaral, filho legítimo de José de Almeida e Laura Severina de Souza. Padrinhos: José Theodoro do Nascimento e Anna Cândida de Souza;
José, pardo, na Igreja Matriz, filho legítimo de Máximo José de Chagas e Belarmina Maria de Jesus. Padrinhos: José Alves Figueiredo, Pedro Dias do Nascimento e Antonia Maria da Silva;
Joaquim, pardo, na Igreja Matriz, filho legítimo de José Antonio Pereira e Maria Thereza de Jesus. Padrinhos: Domingos José Oliveira e Maria Messias do Nascimento;
José, pardo, na Igreja Matriz, filho legítimo de Adão Francisco da Matta e Anna Felícia de Jesus. Padrinhos: Manoel Antonio da Silva e Maria Benvinda de Jesus;
Vicente, branco, na Igreja Matriz, filho legítimo de Vicente Ferreira do Nascimento e de dona Anna Antonia Ferreira. Padrinhos: José Pedro Ferreira e Emerenciana Cândida de Jesus.
(continua)
Projeto partilha disse…
Breves palavras sobre o Artista Plástico Reginaldo, o Nardo.

Reginaldo Marques Costa é natural de Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. Quem o trouxe à luz, foi Sá Chiquinha, parteira prática, em Carmo da Cachoeira. Ela auxiliava as parturientes e acompanhava os nascituros durante sua primeira infância. Nardo é um autodidata em educação musical. Tira das partituras as notas musicais e, através de seu pequeno órgão manifesta-as em doces e sonoras canções.
O jardim de sua casa é cercado por muros com trepadeiras que recebem, permanentemente, seus cuidados. É comum vê-lo com a tesoura de poda nas mãos dando estrutura harmônica as plantas do ambiente, estejam elas em vasos ou compondo o terreno ajardinado. Tece, pinta, toca instrumentos, tricota, cozinha, lava, cuida de cabelos masculinos e femininos. É ele que mantém o ambiente impecavelmente ordenado. Voltado para a vida natural, é junto da água, das árvores e dos animais que busca o equilíbrio e a intuição necessárias para o desempenho de seu trabalho.
projeto partilha disse…
Últimos registros de batizados para o ano de 1868, na Freguesia do Carmo da Cachoeira, Minas Gerais.
Marianna, parda, na Igreja Matriz, filha natural de Anna Paulina de Jesus. Padrinhos: Antonio Dias Pereira de Oliveira e Theodolinda Eulália de Carvalho;
Antonio, branco, filho legítimo de João Vilella Fialho e Maria Victória Branquinho. Padrinhos: Severino Ribeiro de Rezende e dona Purcina Cândida de Figueiredo;
Gustavina, branca, na Igreja Matriz, filha legítima de Antonio Dias Pereira de Oliveira e Teodolinda Eulália de Carvalho. Padrinhos: Augusto Hortense de Carvalho e Adelino Eustáquio de Carvalho;
André, crioulo, na Capela de São Bento do Campo Bello, filho natural de Ana, escrava de Ignácio Lopes Guimarães. Padrinhos: Luiz pardo e Prudenciana Benvinda de Jesus;
Maria, branca, na Igreja de São Bento do Campo Bello, filha legítima de Antonio Alves de Siqueira e Maria Flausina de Jesus. Padrinhos: Amaro José Alves e Messias Maria da Conceição;
Philomena, branca, na Capella de São Bento do Campo Bello, filha legítima de João Reiz da Costa e Anna Cândida Diniz. Padrinhos: José Vilella e Maria Cândida Diniz;
Benjamim, crioulo, na Ermida da Chamusca, filho legítimo de Paulo e de Eva, escravos. Padrinhos: Antonio Feliciano Dias de Gouvêa e Flausina;
Generosa, crioula, filha legítima de Raymundo e de Josepha, escravos do Capitão Antonio Joaquim Alves. Padrinhos: Valério e Victória;
Sirilla, crioula, filha legítima de José e Valéria, escravos de Manoel Antonio Teixeira. Padrinhos: Joaquim e Graciana;
Anna, parda, filha legítima de Justiniano Ferreira Xavier e Anna Bernarda de Rezende. Padrinhos: Balbino Ferreira Xavier e Marianna Antonia Ribeiro;
Philomena, parda, na Igreja Matriz, filha legítima de João Antonio de Souza e Maria Cândida de Jesus. Padrinhos: José Thomás de Souza e Anna Cândida de Jesus;
Amaro, crioulo, na Igreja Matriz, filho legítimo de Targino e Prudenciana. Padrinhos: Gabriel José Junqueira Júnior e Marianna Carolina Alves.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.