O cavalo Mangalarga e as famílias da Chamusca.

Falar em Cavalo Mangalarga e seguir sua trajetória de das famílias a ele ligado nos dá profundo prazer. Muito próximo a nós e a fazenda Chamusca, Francisco Antônio Diniz Junqueira, casado com Mariana Constança de Andrade, pais de Umbelina de Andrade Diniz Junqueira (aparece em outras genealogias também como Umbelina Honória de Andrade), casada com Manuel Custódio Vieira. De Umbelina e Manuel, nasce dona Teodosia Viera de Andrade Palma, casada com Honório de Andrade Vieira Palma, com forte ligação ao Cavalo Mangalarga. Cf. www.pedigreedaraca.com.br/palhacohp.doc?peedigree

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Próxima matéria: A família de dona Umbelina Honória de Andrade.
Artigo Anterior: José Fernandes Avelino acusa José dos Reis.

Comentários

projeto partilha disse…
Havia um vizinho da Fazenda Chamusca, JOÃO FERNANDES DOS SANTOS, o qual estamos buscando. Pelo menos em um ponto houve discordância entre eles, e a solução encontrada foi recorrer a justiça.

Veja site: Lei, Matriz Doutrinária e Escravidão: Minas Gerais, Comarca do Rio das Mortes.

www.cedeplar.ufmg.seminarios/seminario_diamantina/2006/D06A020.pdf
projeto partilha disse…
Ao reler antigos documentos nos museus consegue-se realizar um voo de volta ao passado, e, ao tempo em que os imigrantes açorianos não haviam chegado, em massa, em Minas Gerais. Encontram-se nomes de pessoas neste território, bem como termos como "terras devolutas", entre muitos outros dados interessantes. Isto tudo pode induzir a pensar que existe um trecho da história que foi pouco estudada. Algumas perguntas ficam sem resposta hoje, região nesta região da forte presença do CAVALO MANGA LARGA, tipo, quem foi o proprietário da "FAZENDA COIMBRA", ao sul da Fazenda Taquaral/Boa Vista, e que aparece com muita frequência em alguns documentos. Há também "FAZENDA DO LOBO", ao norte/noroeste das Fazendas Taquaral/Boa Vista, a "FAZENDA CUBAS/CUBA", que as famílias mais antigas se referem ao dizer do espaço próximo a FAZENDA DO SALTO, onde, mais recentemente, houve a Estação Ferroviária do mesmo nome, que servia de escoamento para as safras do distrito de São Bento Abade.
A Fazenda BOA VISTA, "a mais antiga sede do Distrito", segundo o prof. Wanderley Ferreira de Resende, ou, segundo consta em um abaixo assinado, arquivado na Câmara de Lavras, "moradores no Distrito de N. S. do Carmo da Boa Vista", Termo da Vila de Lavras", por exemplo, foi adquirida através de compra, feita por JOSÉ JOAQUIM GOMES BRANQUINHO e seu sogro.

Vimos com o historiador JOSÉ ROBERTO SALES, citando Mons. Lefort, a presença do Pe. Manuel Caetano Figueiredo (Manoel Caetano Figueiredo), em 1763, na capela Santo Antônio, localizada na Fazenda Santo Antônio do Bom Jardim do Rio Verde. Existe uma relação que envolve "dívidas passivas", entre um certo Manoel Caetano de Figueiredo e Antonio Leite Coimbra, casado com dona Francisca Maria de Jesus, inventariado em 06/10/1771, conforme pode-se conferir no PROJETO COMPARTILHAR. Muitas interrogações aguardando intelectuais colocarem "as mãos na massa e amassarem", trazendo para à sociedade respostas que possam redesenhar o imenso conglomerado de fazendas importantes, cujos proprietário desconhecemos. Aí, junto deles, no Sítio Cachoeira, junto ao Ribeirão do Carmo, e a presença do primeiro morador que, incansavelmente buscamos, MANOEL ANTONIO RATES, sua mulher, MARIA DA COSTA MORAES ou MARIA DA COSTA e seus descendentes.
projeto partilha disse…
Vejam no PROJETO COMPARTILHAR, inventário dem 12/02/1857:

BERNARDA JESUÍNA DA SILVEIRA, casada com JOÃO FERNANDES DE SOUZA. Existe referência aos "herdeiros de Miguel Garcia Duarte e dona BERNARDA JESUÍNA DA SILVA", como avós.
projeto partilha disse…
Não deixem de ler, no mesmo Projeto Compartilhar, Inventário do Capitão JOSÉ MANOEL DE CARVALHO.

"Dos remanescentes de minha terça instituo meus herdeiros os FILHOS DA FALECIDA BERNARDA JESUÍNA DA SILVEIRA", MULHER DE JOÃO FERNANDES DE SOUZA.
projeto partilha disse…
Dona ELÍDIA MAFALDA DE RESENDE e seu marido JOÃO IGNÁCIO DE CARVALHO foram PADRINHOS de Luís, filho natural de Mathides, em junho de 1840. Confiram no mesmo inventário do Capitão José Manoel de Carvalho.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.