Tabela Cronológica 23 - Carmo da Cachoeira - 1940 à 1949


1942
O Brasil entrou na Segunda Guerra Mundial.
1944
Dornas Filho referiu-se a oferta do povo cigano feita em São Paulo ao governo brasileiro: “... oferecendo seus serviços militares em defesa de nossa pátria, como ainda entregando donativos em dinheiro”.
1945
- 2/Ago até 3/Dez – prefeito de Carmo da Cachoeira: João Silvestre Gonçalves; e
- 16/Dez até 9/Jan/1946 – assumiu a Prefeitura: Geraldo Faria.
1946
- 9/Jan até 15/Fev – assumiu a Prefeitura: Mário Luis Monteiro;
- 15/Fev até 25/Abr – reassumiu a Prefeitura: Amynthas de Oliveira Vilela;
- 25/Abr até 3/Jan/1947 – assumiu a Prefeitura: Dr. João Otaviano Veiga Lima;
- 18/Set – Promulgada a nova Constituição, a quarta do Brasil; e
- Antônio Bonifácio Maciel assumiu como cartorário em Carmo da Cachoeira, onde ficou até 1976.
1947
- 13/Jan - assumiu protocolarmente a Prefeitura: Luiz Galvão Correa;
- 13/Jan até 19/Abr – assumiu a Prefeitura: Elvan de Paula Ribeiro;
- 19/Abr até 13/Out – reassumiu a Prefeitura: Luís Galvão Correa;
- 13/Out até 23/Out – assumiu a Prefeitura: Oliveiros Gonçalves de Araújo; e
- 23/Out até 3/Jan/1948 – assumiu a Prefeitura: Luís Caldeira.
1948
- 3/Jan até 3/Jan/ 1951 – assumiu a Prefeitura: Dr. Joaquim Fernandes de Vilhena; e
- É criado o grupo escolar “Monsenhor Nardi” hoje Pedro Mestre; e
- É publicado o censo de 1940: 9.626 habitantes em uma área de 561km2.

Comentários

da obra Arca de Noé-Coqueiral. disse…
Coqueiral, 10 de abril de 1970.

Um adeus ao maestro JOSÉ AUGUSTO TERRA.

Foram com estas palavras que o Dr. Breno Soares seu grande amigo se despediu, após acompanhar o TOQUE DE SILÊNCIO e ADÁGIO FÚNEBRE executados pelas Banda Musical do 12. Batalhão da Polícia Militar:

"Aqueles acordes comovedores, na hora penumbral e cor das violetas de Nossa Senhora da Despedida, bem simbolizaram, aqui na Terra, José, o definitivo silenciar do teu piston mágico, do teu próprio e imperturbável silêncio.
Por tudo, livre do contingente, transite a tua alma redimida, agora e sempre, os caminhos clarificados do Senhor das Luzes! Muito além dos tumultos da matéria. Bem próximo das resplandecências astrais, onde imensa, extasiante e permanente Orquestra é indiferente ao escancaramento do túmulo, que zomba da fragilidade da Vida!...

Em, Otávio J. Alvarenga, 1974.
col. no vale do sapucaí disse…
O Dr. Borges Netto, residente em Campanha-MG, recebe procuração em 22/02/1927, de Francisco Guilherme Júnior e Ana Evangelista Ximenes, moradores no districto do Carmo da Cachoeira-MG, para requerer e assinar perante o Juízo de Direito da Comarca de Campanha, termo de renúncia de herança no inventário de MARIA BELLA DE OLIVEIRA, em favor de Eugenia Oliveira Silva, tendo como testemunhas, Agenor Alves Pereira e Sebastião Caldeira.
projeto partilha disse…
Em 04/05/1927, Francisco Garcia dos Reis, residente neste districto do Carmo da Cachoeira-MG, nomeia o senhor Gabriel Penha de Paiva, brasileiro, comerciante para perante o Dr. Juiz de direito da Comarca, prestar o compromisso legal e tomar posse do cargo de subdelegado de polícia deste districto para o qual foi nomeado. Testemunhas: Antonio Baptista Sant´Anna e Antonio Reis Brito.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.

Palanques e trincheiras na defesa dos quilombos.