Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Professor Wanderley fala da 2ª edição do seu livro.


Carmo da Cachoeira, dezembro de 1980.

Caros amigos,

Duas palavras sobre a nova edição: Carmo da Cachoeira, Origem e Desenvolvimento.

Publicado em 1975 o livro "Carmo da Cachoeira - Origem e desenvolvimento", não me passava pelo pensamento a idéia de que, em futuro tão próximo, eu viesse a lançar uma outra edição da obra.

É bem verdade que naquela ocasião eu poderia ter estendido a narração dos fatos sucedidos após a elevação de Carmo da Cachoeira à categoria de município; mas, até certo ponto, isto fugiria à minha finalidade principal que era, então, apenas a de deixar para a posteridade, em livro, aquilo que, como disse o Dr. Joaquim Fernandes de Vilhena Reis (1948), eu sabia, enquanto outros ignoravam. Entretanto, recebendo há pouco uma gentil oferta do ilustre atual Diretor da Imprensa Oficial de nosso Estado, Dr. Morvan A. Acayaba de Rezende, para a impressão de uma nova edição mais desenvolvida de meu modesto trabalho, depois de pesar os prós e os contras de tal empresa, resolvi arriscar-me a ela e entregar aos leitores esta nova edição, aumentada com a narrativa de alguns fatos ocorridos antes e depois da criação do município.

Como aconteceu com a primeira edição, também esta não está isenta de lacunas e imperfeições que o leitor deverá desculpar, considerando que o autor não é e nunca foi homem de letras e apenas tem a seu favor a boa vontade. A Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais, na pessoa de seu dinâmico Diretor, Dr. Morvan Aluísio Acayaba de Rezende e à Prefeitura Municipal de Carmo da Cachoeira, representada pelo Prefeito Sebastião Modesto de Oliveira, deixo aqui expressos os meus sinceros agradecimentos, pelas facilidades a mim propiciadas na publicação desta obra.

Prof Wanderley Ferreira de Rezende

trecho do Livro: Carmo da Cachoeira: Origem e Desenvolvimento.

Próxima matéria: Simples escrever, o cabloco e alguns acadêmicos.
Matéria Anterior: As eleições no antigo distrito de Boa Vista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.