Os Capelães e Párocos de Carmo da Cachoeira.


Capelães
Padre Joaquim Leonel de Paiva
1805
Padre José Joaquim de Andrade
1811
Padre José Carlos Fernandes Bravo
1811
Padre Manuel Francisco Campos
1811
Padre Antônio José dos Santos
1811
Padre Veríssimo José Pereira
1811 a 1818
Padre João Tomás de Sousa
1835
Padre José Teodoro Brasileiro
1851
Padre João Tomás de Sousa
1855

Párocos
Padre Joaquim Antônio de Rezende
30/11/1858 - 05/09/1871
Padre Baltazar Corrêa Simões de Barros
19/11/1871 - 03/09/1873
Padre Joaquim Antônio de Rezende
07/09/1873 - 08/11/1873
Cônego Augusto Leão Quartim
22/11/1873 - 14/02/1875
Padre Antônio Joaquim da Fonseca
18/04/1875 - 03/04/1900
Cônego Estanislau Mosciaro
29/04/1900 - 06/01/1905
Padre José Silveira da Rocha
20/01/1905 - 10/03/1907
Padre José Carnevale
08/04/1907 - 25/04/1910
Padre João Batista Giudicelli
14/05/1910 - 27/02/1911
10º
Cônego João Batista Cesar
23/04/1911 - 11/05/1912
11º
Padre Caetano de Luca
13/06/1912 - 03/11/1913
12º
Padre Joaquim Martins Pontes
29/12/1913 - 28/02/1914
13º
Padre Izidoro Guilmin
03/06/1914 - 25/09/1915
14º
Padre Antônio de Souza Lima Motinha
29/11/1915 - 21/09/1916
15º
Padre João Pina do Amaral
01/01/1916 - 04/08/1920
16º
Padre Teófilo Saez
18/08/1920 - 16/04/1925
17º
Padre Alfredo Cristofo Kobal
29/06/1925 - 01/11/1925
18º
Cônego José Dias Machado
Agosto/1927 - Julho/1929
19º
Padre José Lechner
Agosto/1929 - Fevereiro/1934
20º
Padre Dr. Antônio Molina
Março/1934 - 09/11/1938
21º
Padre José Ribeiro de Paiva
06/11/1938 - 1944
22º
Cônego Manoel Francisco Maciel
09/05/1944 - 1965
23º
Cônego José Joaquim de Souza
16/06/1965 - 16/12/1980
24º
Monsenhor José Nunes Senador
03/02/1981 - Fev/2007
25°
André Luiz da Cruz
Nov/2003 -


Alem destes religiosos aqui mencionados, inúmeros outros atuaram nesta região, sejam nas fazendas, ou nas capelas e ermidas. Muitos deles deixaram seus nomes registrados através de documentos eclesiásticos e civis, vários deles citados neste trabalho. Hoje além do paroquiato do Padre André Luiz da Cruz, temos no coração o último Vigário da matriz da Igreja Nossa Senhora do Carmo de Carmo da Cachoeira, o Padre Bernardo Scharfenstein.

Comentários

leonor disse…
Pe. Bernardo citado (in memoriam).
cidadão varginhense. disse…
MARIA JACINTHA DA CRUZ em 08/12/1894, moradora no districto do Carmo da Cachoeira da cidade de Lavras do estado de Minas Gerais. Constitui procurador aqui em Varginha. Foi o douctor JOSÉ MARCONDES DE ANDRADE FIGUEIRA para fazer o inventário dos bens deixados pelo seu marido. Assina ARROGO Domingos d´oliveira Carvalho de Vilhena. Testemunhas João Ceryno da Costa e José Baptista Sant´Ana. Obs. Em seguida está registrada a seguinte escriptura: O Domingos, casado com Marianna Clara de Gouveia Vilhena. Comprador FRANCISCO PINTO DE SOUZA JUNIOR da fazenda MARIA JERONYMA cita no districto da cidade de Lavras deste Estado.. Em 21/01/1895, está citado "neste districto da Cachoeira do Município de Varginha em casa de residência do Douctor Mathias de Vilhena onde o tabilião fui vindo compareceram como vendedores Domingos d´Oliveira Carvalho de Vilhena e com comprador "Tem a fazenda supra nomeada que houverão de diversas por compra e herança de seu finado sogro e Pai o Barão de Lavras". Limites: "Comessa sua confrontação na porteira do pasto da fazenda da CACHOEIRA divizas com herdeiros do finado ANTONIO JOAQUIM até o ribeirão da Cachoeira por este abaixo até o rio Grande por este acima e voltando a direita a dividir com AVELINO FIDELLES seguindo esta volta ao rio segue até encontrar as divizas de JOSÉ LADISLAU PEREIRA e por esta e vallos até o Rio Grande e subindo por este até o tapume do pasto de JACINTHO GUALBERTO RIBEIRO por este acima encontando o vallo dividindo com ALCEBIADES JOSÉ D´OLIVEIRA até a porteira onde teve princípio. Inclui moradas, casa quintal (...) e todas as benfeitorias mencionadas. Renda da Comarca Municipal dfa Cidade de Lavras, Estado de Minas Gerais, Brazil, Exercício de 1895, N. 78. RS1:200$000. Recebido Snr. Francisco Pinto de Souza Junior a quantia de um conto e duzentos mil seis pelo imposto da compra que faz de uma fazenda denominada MARIA JERONYMA, no districto desta denominada cidade, a Domingos d´Oliveira Carvalho Vilhena casado com Marianna Clara de Gouveia Vilhena. Lavras, 19 de janeiro de 1895. Testemunhas: JOAQUIM GARCIA DA FONSECA e SEVERINO RIBEIRO NAVES".
outra do varginhense atento/doc. disse…
Dona Idalina Eliza da Costa vende em 09/02/1895 para José Baptista de Santa Ana uma casa coberta de telhas, cita na rua do Barão de Lavras na povoação do Carmo da Cachoeira=na esquina que vem da rua do Cruzeiro dividindo esta com terrenos de José Celestino Terra e com a mesma rua do Cruzeiro e no fundo com terrenos de Pedro Rodrigues.
Gabriel Rodrigues da Silva, morador na Cachoeira do Carmo peio ao cidadão ARTHUR BAPTISTA DA FONSECA (...) junto com test. JOAQUIM FERREIRA DE AZEVEDO e ARLINDO MENDES DA FONSECA.
marga65 disse…
Em busca a meu avô, achei o nome dele neste site , gostaria de saber se ele morou ai ou tem algum resgistro dele na cidade, o nome dele é ARTHUR BAPTISTA DA FONSECA, grata Margarete

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.