Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…


de Leandro Caiado:
Minha família é dai sou primo da Sheila , Mateus , Cau !! ai é 10 a galera é bonita e Legal saudade de Carmo de la Cascata.
de Jovane:
eu estou acompanhando os trabalhos, um abraço.

de colaborador voluntário:
Um dado que talves interesse ao pessoal de Carmo da Cachoeira - MG. Em 21/09/1916, faleceu no districto do Carmo da Cachoeira, Joaquim da Costa Ramos,"sogro e pai de Etelvina Joanna da Costa; Maria Alexandrina da Costa; Manoel Antonio da Silva e Cyrino da Costa Ramos. Assinam como testemunhas: José Augusto de Oliveira e José Baptista Santa Ana".
de meus ancestrais:
Francisco José da Silva e Raphael Gomes de Lima, residentes no município de Bambuy - MG, são procuradores constituidos no inventário judicial, em 12/05/1894 de Lourenço Gonçalo Braga, residente em Varginha, por falecimento de sua sogra Luciana de Tal, casada que foi com João Gomes Nascimento.
de um dia serei hist/lavrense:
Pelo falecimento de dona Brasilicia Candida Branquinho, entre outros bens o TIRA-BARBA com Francisco Augusto de Figueiredo, Antonio Justiniano e Francisco de Oliveira Costa. Também da Fazenda nLarangeiras, confronta com MANOEL JOAQUIM DE OLIVEIRA (Três Pontas) e Francisco Ribeiro de Oliveira Costa.Aqui em Lavras, em 27/03/1894, o procurador Dr. Francisco d´Assis Ramos Penteado, residente em Mogi-Mirim-SP e Francisco Ignácio da Silva, residente em Batatis vieram assistir o inventário de seu falecido tio CARLOS ANTONIO DA SILVA LARA. O Dr. Francisco estava com a procuração dada por JOÃO CAETANO DA COSTA e sua mulher AUGUSTA PAULINA ALVES. Estiveram presentes também, morador de Lavras, MANOEL ALVES DA COSTA FILHO, morador em Lavras; PERCILIANA ALVES DA COSTA, casada com MARCIANO FLORENCIO PEREIRA, noradores em LAVRAS. Herdeiros da finada ANNA LUIZA DE CARVALHO. Estiveram como testemunhas: João de Rezende Branquinho e Gabriel José Caldeira.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.