Correspondência recebida:


de: leonor rizzi

Cachoeira é muito privilegiada. Existem os que amam sua natureza e não tem vergonha de ficarem marcados como retrógrados. Sem medo enfrentam ou enfrentaram os depredadores do meio ambiente. Sr. Cici, Sr. José Avelar e Sr. Aureliano Chaves e família.

de: concepcionense

Parabéns a Carmo da Cachoeira pela presença uma pessoa tão ilustre como o Prof. Wanderley que falou a linguagem dos oprimidos. Utilizou a fala do Venâncio e de sua mulher Ritinha. Teve ele a coragem de furar o cerco do dominador e ousar. Ousou falar a fala dos calados, diametramente oposta a dos arrojados intelectuais orgânicos e a dos latifundiários, que só pregaram e mantiveram uma história que os documentos mostram ser outra. Este foi o retrato do Brasil Colonial, que ora está sendo reescrito por todos pela historiografia nacional e internacional. Ao Professor Wanderley nossa homenagem e respeito.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.