Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Correspondência recebida:


de: projeto partilha
Nossa gratidão a família Alves. Vocês tiveram a oportunidade de ver o inventário de Geraldo Saturnino Resende? Está disponibilizado pelo projeto partilhar em http://br.geocities.com/projetocompartilhar5/geraldosaturninoderesende1856.htm. Dêem uma olhadinha lá. Tem dados muito interessantes, ok?

de: colaborador lavrense
No ano de 1904, João Pimenta de Moraes, morador em Lavras-MG, como tutor de seu filho Francisco Alves de Moraes, herdeiro de sua falecida avó Anna Maria de Jesus. Testemunhas: Fernando Dias de Oliveira; Mario d'Aquino Padua e Manoel Adelino de Souza.

Comentários

Anônimo disse…
Foi dada procuração, no ano de 1922 em Cachoeira do Carmo para JOÃO FELICIANO DE SOUZA, lavrador, morador em Nepomuceno para que se "vendam terras vindas por herança MARIA THEREZA DE JESUS. Os outorgantes, moradores em Cachoeira são Maria Magdalena de Jesus, casada com João Fernandes de Abreu e Alfredo Rodrigues de Abreu, casado com Ernestina Euliana da Conceição.Seria Ernestina Eulália?
Anônimo disse…
Dona Marianna d´Oliveira Fonseca, casada com Emílio Cardonazzo são vizinhos e seus nomes aparecem em descrição de limites em escritura de venda de terras na Cachoeira do Carmo, no ano de 1921.
Anônimo disse…
Completando a informação do comentário do Projeto Partilha, de que Mariana de Oliveira Fonseca e Emílio Cardonazzo posuem terras, informo que pelos dados que possuo, um de seus visinhos e divisante é ÁLVARO ARISTÓTELES NOGUEIRA.

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.