Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Antigo altar da Igreja - gótico ou barroco


O antigo altar da Igreja Nossa Senhora do Carmo de Carmo da Cachoeira, é descrito por uns como sendo uma obra barroca enquanto por outros como sendo gótica.
O que existe de fato é uma foto de baixa definição do altar, a qual comparamos aqui com o barroco altar da Igreja Nossa Senhora da Candelária em Itu e com o altar gótico de São Pedro de Alcantra em Petrópolis.
Um estudo pormenorizado sobre as características daquela obra ainda está por ser feita, mas podemos considerar a hipótese de ser uma obra gótica, pois não possui a suavidade das linhas, as colunas salomônicas, os adornos e tantos outros detalhes que fazem da arte barroca algo ímpar em nossa cultura.
A beleza da arte barroca está na forma com que ele trabalha as linhas diagonais e oblíquas, que buscam as grandes alturas, parecendo querer atenuar a lei da gravidade.

Comentários

Anônimo disse…
Seremos gratos, caso você tenha alguma informação e possa colaborar nesta construção coletiva de reconhecimento do passado de Carmo da Cachoeira, MG. Aguardamos.
Anônimo disse…
Neste domingo, vamos chamar Eclesiástico, prólogo e registrá-la nesta obra: "Dediquei então muitas noites em claro e todo o meu conhecimento, para terminar o trabalho e publicar o livro."

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.