Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Antiga foto da praça do Carmo - Carmo da Cachoeira.


Ajude-nos a contar a história de Carmo da Cachoeira. Aproveite o espaço "comentários" para relatar algo sobre esta foto, histórias, fatos e curiosidades. Assim como casos, fatos e dados históricos referentes a nossa cidade e região.

Comentários

Anônimo disse…
Sobre esta foto não sei, mas sei sobre um imigrante italiano muito importante aqui em Nepomuceno que comprou terras aí, no ano de 1903. Serve? A escriptura que fizeram Álvaro de Brito, casado com dona Brazilissa Reis Brito, moradores na freguesia do Carmo da Cachoeira, e como comprador JOAQUIM THEÓFILO SALGADO, residente em S. J. Nepomuceno de LAVRAS. Divisa de Antonio Calado da Silva, que possue por compra feita a Luiz Antonio da Silva e sua mulher.
Anônimo disse…
Procuração que fazem JOSÉ FERREIRA SALLES, natural de Lavras e sua mulher Maria Michelina de Jesus, natural de Livramento districto de Ayuruoca, dá procuração em 29/12/1902 a JOÃO ALVES BAPTISTA, residente Fazenda do Ribeirão, districto de Lavras para vender FAZENDA ENGENHO DE SERRA, districto de Lavras do Funil. Testemunha: JOSÉ BAPTISTA SANT´ANNA.
Anônimo disse…
No ano de 1902 dona Maria Theodora de Carvalho nomeia procurador o Barão de BOA ESPERANÇA para uma venda aí em CARMO DA CACHOEIRA. A venda foi de "dois prédios e seus quintais e mais uma posse cercada de muro sita na Rua da Ponte no districto do Carmo da Cachoeira". O comprador foi Gabriel dos Reis Silva Júnior. As assinaturas são de dona Maria Theodora de Carvalho; Antonio Marciano dos Reis; Beraldo Alexandre da Silva e Joaquim Alves Gomes. Espero ter colaborado, pelo menos um pouquinho.

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.