Preito de Respeito e Gratidão

- A grande maioria que não preenchia os requisitos necessários para fazer parte do grupo seleto da elite colonial;
- aos que silenciaram; e
- as famílias, cuja permanência neste território ainda não foram suficiente estudar: Rates, Naves (ver: 1796), Brasilienses, Terras, Branquinhos, Valins (ver: 1771 e 1801) , Avelinos, entre outras.

Diferentes são as razões que levam a exclusão. Em relação a época em foco, a historiografia poderá indicar, com precisão caso a caso os motivos. De maneira geral poderemos nos basear no artigo de Carlos Leonardo Kelmer Mathias:

“... um recorrente recurso utilizado pela elite colonial: o casamento entre iguais. Garantiam a permanência de suas fortunas no seio da própria família e reafirmavam a hierarquia e a desigualdade na sociedade colonial. Demonstravam a diferença existente entre a minoria pertencente às melhores famílias da terra, os Homens Bons, e a grande maioria que não preenchiam os requisitos necessários para fazerem parte desse seleto grupo.”

Comentários

Anônimo disse…
Parabéns Carmo da Cachoeira.

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.

A organização do quilombo.