Padre Godinho e o Hino do Sesquicentenário.

Existe um casarão centenário à rua Dom Inocêncio, centro da cidade, onde aos 3 de julho de 1957, sentado à mesa da cozinha, Padre Antônio de Oliveira Godinho escreveu uma poesia em honra ao centenário de Carmo da Cachoeira.
Por ocasião do sesquicentenário da cidade esta preciosa obra foi resgatada pelo Projeto Partilha e adaptada e musicada por Jovâne, Jobinho e Tiaõzinho, transformando-se para o Hino do Sesquicentenário de Carmo da Cachoeira.

Comentários

Concelho disse…
Obrigado TS Bovaris por nos fazer relembrar este maravilhoso hino que marcou o ano do Sesquicentenário de nossa Paróquia. Parabéns a todos os participantes deste Projeto.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.