Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Gabriel Justiano dos Reis.

Gabriel Justiniano dos Reis e sua esposa Anna Reis

O casal deixou escrito seu nome nas páginas da história pelo nobre ato: cessão da servidão de um manancial para o abastecimento da sede do districto de Carmo da Cachoeira.

Comentários

Anônimo disse…
Ancestral de nossa querida Dona Zilá esposa de Percy, in memoriam. Teremos oportunidade de trabalhar mais detalhadamente este nosso homenageado de hoje.
Anônimo disse…
"Biézinho da Capetinga", pai de Dona Zilá, da Bahia e da Lulu, eis como era conhecido este altruista doador das águas, que serviram num primeiro momento o Arraial do Carmo da Cachoeira. Biézinho, foi o construtor da casa da "Lulú da Capetinga", in memoriam. Suas irmãs, Dona Zilá e Bahia estão muito felizes, porque será a Dirce, casada com o Eli a guardiã desta Centenária propriedade.
Anônimo disse…
TS Bovaris. Por favor, dê uma olhadinha em seus arquivos. Quando o Péricle e o Daniel Rattes estiveram aqui em Cachoeira, no ano passado visitaram a dona Zilah, em casa de sua filia Dirce. Ela convalecia de uma enfermidade. Recuperou com sucesso. Hoje, não estaria entre mantas, mas em pé ao receber os visitantes, e em sua própria casa. Ontem quando estive lá a encontrei cuidando de plantas e vasos. Se encontrar a reportagem, por favor publique-as.

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.