Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior. "Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG. Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entr

A fazenda do Maranhão.


Valentim José da Fonseca com sua família estabeleceram-se a sudoeste das Lavras do Funil e, aí, criaram a fazenda do Maranhão. Valentim levantou, na sua fazenda, a ermida de Nossa Senhora do Carmo. Por volta de 1800, já existia pequeno povoado ao redor da capela, conhecido por Carmo do Maranhão. Às vezes, nos registros paroquiais, aparece também com o nome de ermida do Maranhão.

Comentários

Anônimo disse…
O Projeto Partilha quer render homenagens e congratular-se com o belíssimo trabalho manifestado através de Regina Junqueira e Bartyra Sette com a colaboração de Moacyr Urbano Villela, sob a bandeira do PROJETO COMPARTILHAR.Sugerimos aos internautas do Projeto Partilha fazerem uma visita a http://br.geocities.com/projetocompartilhar/cap02DomingosdePaiva.htm - 94k - A página atualizada em 20/03/2008 nos leva ao parágrafo 8 com Mariana Clara do Nascimento casada com Gaspar José de Abreu. Domingos de Paiva, casado com Tomásia Maria da Silva nos reporta ao ano de 1698, e revela a origem da família citada por Mons. Lefort em seu trabalho sobre Carmo da Cachoeira. Referiu-se ele a presença da Fazenda Maranhão nestas paragens. Quanto a Gaspar José de Abreu e Mariana Clara do Nascimento diz o Projeto Compartilhar:"moradores na Fazenda Maranhão em Lavras do Funil".
Anônimo disse…
Adendo ao comentário anterior. A página específica a que nos referimos está em http://br.geocities.com/projetocompartilhar/cap02DomingosdePaiva.htm - 94k - Busque o parágrafo referente ao casal acima citado.
Anônimo disse…
Olá, internautas que acompanham carmodacachoeira.bologspot.com
Vejam em http://br.geocities.com/projetocompartilhar6/gasparjosedeabreu1810marianaclaradonascimento1809.htm Aí estão disponibilizados os inventários de Gaspar José de Abreu e sua mulher Mariana Clara do Nascimento. Se você é cachoeirense, aumente os conhecimentos que voce tem sobre nossas origens. Recicle-se.
Anônimo disse…
Olá pessoal que tem interesse na Fazenda Maranhão de Lavras do Funil. Vejam os inventários de algumas pessoas e as Fazendas onde moravam os que mantinham relaçoes comerciais com Valentim José da Fonseca, vizinho de Manoel Antonio Rates. São elas: Capitão Manoel de Jesus Pereira, da Fazenda Campo Lindo e casado com Luciana Maria da Silva; Vicente Ferreira da Costa, da Fazenda das Contendas, na Aplicação de São João Nepomuceno, casado com Maria Joaquina da Conceição; Solidônia Flávia de Toledo, casada com o alferes José Vieira Machado, da Fazenda Trombuca (Três Pontas). Os inventários estão disponibilizados no Projeto Compartilhar.
Anônimo disse…
Uma oração a MÃE UNIVERSAL. TS Bovaris, hoje fui a um médico naturalista para ver sobre minha saúde. Conversamos muito e encerrou a consulta. Ao se despedir de mim,o médico disse que tinha um pedido a fazer, e contava com meu trabalho em prol da humanidade. Entregou-me esta oração. Em meu coração senti que deveria digitá-la aqui. TS, será que você pode escolher este meu comentário para levar para a página principal? É um trabalho, segundo meu médico "em prol da humanidade".A oração é para que a ALMA feminina - de Maria, guie as ações dos filhos da Criação.
Nós te saudamos
Ó Mãe Universal!
Plena é a Tua Graça.
A unidade está em Ti.
Sagrada Energia Feminina,
Gestas em Ti a Nova Humanidade.

Ó suprema Mãe Universal,
intercede por nós,
seres da superfície da Terra
para que possamos consagrar-nos
como dignos filhos de Deus
na fé, na luz,
na paz, na proteção,
na cura, na unidade,
no amor, no perdão,
na reconciliação,na caridade,
na humildade, e na transmutação,
agora,
e no momento da nossa total
e definitiva entrega
ao Pai Criador.
Amém.
Anônimo disse…
O Professor Firmino Costa registrou a história de Lavras e de seu povo em um informativo, chamado de VIDA ESCOLAR. Sob o título História de Lavras. Apontamentos. XVI. Ano 1. n. 14, o registro da vida de Gaspar José de Abreu, falecido em 1810. Cita seus descendentes diretos. O período circulou, de 1 de maio de 1907 a 15 de novembro de 1908. O Boletim Quinzenal do Grupo Escolar de Lavras, era editado pelo referido professor. Veja em http://www.portalmuseu.ufla.br/vida14.htm

Postagens mais visitadas deste blog

A família do Pe. Manoel Francisco Maciel em Minas.

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.

As três ilhôas de José Guimarães.