Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Viver é Preciso, preservar é possível.

Conheça este de investimento onde os fins não destroem o meio. A fazenda Mata Nativa foi a pioneira em eco-turismo no município de Carmo da Cachoeira. Tocada por arrojados empresários que fazem das trilhas, das árvores e da natureza, fonte de vida e bem estar social.

Apesar de pouco conhecida ainda pelos cidadãos de sua própria cidade, tem sido cada vez mais visitada por turistas vindo de todas as regiões.

Comentários

Unknown disse…
Oi pessoal obrigada pelas palavras afinal hj em dia é mto difícil preservar pela falta de incentivos. Na verdade o tataravó do Ronaldo que é meu marido, era o Cel João Urbano, portanto a Faz M Nativa são terras herdadas dele. Porém o mato não interessou outros herdeiros (por não poder ser derrubado) então o Ronaldo que tinha uma memória afetiva do lugar resolveu montar este projeto em abril de 2003 (quando recebeu as terras)onde todas pessoas pudessem conhecer a paisagem exuberante do local.
Quanto ao espaço cultural seria uma honra para nós. Moramos em Varginha mas estamos o tempo tempo divulgando a cidade de Carmo da Cachoeira através do nosso empreendimento. Ficaríamos muito felizes.Abraços Adriana
Anônimo disse…
Adriana e Ronaldo. Está aí a prova de que pelos frutos se conhece a árvore. Nossa reverência e gratidão ao patriarca da família.Seria bom ligar para o Pe. André para acertar detalhes para colocação. É a arte retratando nosso passado. O resultado foi fruto de longa pesquisa fartamente documentada. Uma exposição permanente viria engrandecer o Município e uma forma de reconhecimento sos feitos de nossos ancestrais. Luz e harmonia.

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.