A busca da verdade. Uma lição do velho mestre.

"Não é tarefa muito fácil descobrir, no fundo de um passado às vezes obscuro, a origem de povoações que nasceram no interior do Brasil, sem que tivesse um cronista que deixasse escrita a história de seu nascimento (...) outras, nasceram de capelas erguidas nas fazendas antigas pelos seus proprietários, porém muitas outras apareceram, não se sabe como nem porquê."

Comentários

leonor, pelo mestre. disse…
A lição de hoje: GUARDA NACIONAL.
Em 1862 foram escolhidos e eleitos pelo CONSELHO PAROQUIAL da MATRIZ DE CACHOEIRA DO CARMO, entre outros cidadãos para ocuparem outros cargos, JOSÉ CELESTINO TERRA. FOI REELEITO EM 1864; 1865; 1866 E 1867 para ocupar o mesmo cargo.
leonor, pelo mestre disse…
p.25,2 edição.CARMO DA CACHOEIRA:" como se encontra o Brasil na época do "coronelismo" em que os chefes políticos exerciam a chefia dos partidos de maneira despótica, quase absoluta (...), assim dispunha dos "capangas", sempre prontos a cumprirem" ordens superiores, "quer se tratasse de surrar algum desafeto ou adversário político, ou eliminá-lo do número dos vivos."
leonor, pelo mestre disse…
Complementa, mais abaixo: "Nem se deve estranhar a energia com que os chefes políticos desempenhavam as suas funções, considerando-se que a brandura somente é possível quando se trata com um povo civilizado, o que não acontecia naqueles tempos, com muita razão chamados "do obscuramtismo." Rendo uma homenagem ao Coronel JOÃO URBANO DE FIGUEIREDO."TRATA-SE DE UMA PESSOA HONESTA E JUSTA. Jamais determinou que matasse alguém, coisa raríssima na vida dos chefes políticos de então."
descendentes atentos disse…
Professor. Hoje os tempos são outros. Se o senhor não tivesse feito sua parte seria impossível. Mas o senhor não foi omisso.Agora, todo mundo pega junto. O objetivo maior é que dá as cartas. O Jorge Vilela pegou a sua bandeira e não larga por nada. Faz mil coisas, mas ama sua causa e luta por ela. Tem também a Teresa que se postou ao lado dele. Descanse em Paz. Amém

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.

Palanques e trincheiras na defesa dos quilombos.