As mineiras: Dona Rezenda e Tereza do Sapé.

Dona Rozenda e Tereza servirão como imagens, sempre que se falarão sobre a escravidão. A força dessas mulheres foram a de garantir a manutenção das tradições de Folia de Reis, Pastorinhas.

Nas fotos do ano do 2007, aparecem os descendentes de Dona Rezenda tentando carregar a bandeira da tradição. A fala dos calados, reprimidos está evidenciada nestas belíssimas e raras fotos que deixam transparecer e enaltecem os calados, os mais humildes, sem os quais não teria se construido a riqueza da terra.

O foco do pesquisador Jorge Vilela, nosso brilhante colaborador, é quilombo e ela é uma legítima representante destes povos, honrando Carmo da Cachoeira com sua parecença. Seus filhos Vitinho e Caçamba, este último faz parte do conselho paroquial e é encarregado de um setor de rua na prefeitura. As filhas do Caçamba foram eleitas para o Conselho Tutelar, portanto vê-se que mantêm a tradição de luta de sua matriarca, sendo elementos ativos numa sociedade tão difícil como a cachoeirense.

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Próxima homenagem: Rogério Vilela, nosso grande colaborador.
Homenagem anterior: Evando Pazini eternizando Carmo da Cachoeira.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.