Tabela Cronológica 1 - Carmo da Cachoeira

Tabela 1
- dos primórdios até o ciclo do pau-brasil -

44
Santiago, apóstolo, teria passado pela serra de Rates e sagrado Pedro de Rates como primeiro bispo de Braga.



313
Imperador romano Constantino concede o Edito de Milão, surgindo o espaço de encontro entre a Igreja e a manifestação popular da fé.

1095
Início da Primeira Cruzada, sendo a última em 1270.

1100
Em Portugal ocorreu a construção do mosteiro que viria a ser a Igreja de São Pedro de Rates, em cima de ruínas de uma construção romana.


Século XII
Aliança entre a Igreja e a Corte com a função de controle social e político.


1400
Início da Revolução Comercial. Prolongou-se até 1700.


1460
- Nasceu o prior de Rates, Pedro de Sousa que, com Mécia Rodrigues de Faria, tiveram o filho Tomé de Sousa, o primeiro governador-geral do Brasil; e
- São Pedro de Rates localiza-se ao norte de Portugal, perto da vila de Gaia.
1487
1487-1488 – Bartolomeu Dias descobriu o caminho marítimo das Índias pelo cabo das Tormentas. Portugal livrou-se assim do monopólio comercial de Veneza e Gênova.

1492
Descoberta da América por Cristóvão Colombo. Portugal reivindicou as terras americanas.


1494
- Vasta região do Brasil atual, incluindo a Região Amazônica, pertencia à Espanha por força do Tratado de Tordesilhas;
- Torre Singela de São Pedro de Rates – outras denominações: Castelo de Garcia d’Ávila; e Torre de Garcia d’Ávila. Teve papel importante no desbravamento do Brasil, era formação do território; e
- o Tratado de Tordesilhas estabeleceu os limites das zonas de influência nos territórios do chamado "Novo Mundo", entre os dois países: Espanha e Portugal, a partir de 370 léguas a oeste das ilhas de Cabo Verde. Esta linha correspondeu a 46° 37’ Oeste. O local onde hoje está Carmo da Cachoeira já se encontrava dentro dos limites portugueses, visto estar a 45° 15” Oeste.

1495
1495-1521 – Reinado de Dom Manuel I, o Venturoso, em Portugal.


1500
– Descoberta oficial do Brasil –
Implantação pelos portugueses do “Regime do Padroado”, que se estende até a Proclamação da República.
- Cerimônias cívico-religiosas formalizam a posse da NOVA TERRA, segundo as determinações do padroado concedido pelo Papa à Coroa portuguesa.
- Até a chegada dos europeus, a região onde está hoje Carmo da Cachoeira pertencia à nação dos índios cataguazes.


1500
- 2/Fev – O espanhol Vicente Pinzón alcançou o Nordeste do Brasil, chegou a batizar a Terra Nova com o nome de Santa Maria de la Consolación; e
- 22/Abr – O português Pedro Álvares Cabral chegou ao monte Pascoal, região do Trancoso na Bahia, ” ... ao qual monte alto o capitão pôs nome o Monte Pascoal e à terra a Terra de Vera Cruz".

1504
- 1ª capitania hereditária foi dada ao armador Fernando de Noronha por Dom João III;
- o primeiro ciclo econômico do Brasil era baseado na exploração do pau-brasil; e
- o explorador normando Paumier de Gonneville encontrava-se no litoral sul do Brasil.
1506
Bula do Papa Júlio II aprovou o Tratado de Tordesilhas e reconheceu o Brasil como de domínio português.


1515
Nasceu Tomé de Sousa, primeiro governador-geral do Brasil, em Rattes, Portugal.

1517
A reforma protestante de Lutero na Ação Missionária no Brasil.


1519
Na Biblioteca de Paris encontra-se a coleção: Mapas de Miller, atribuída a Lopo Homem, cartógrafo oficial do reino nas primeiras décadas do século XVI.

1521
1521-1557 – Reinado de Dom João III em Portugal.

Comentários

Anônimo disse…
Aqui, o que está aí é uma verdadeira aula de história. Brigadão....
Anônimo disse…
Uaí, Tomé de Souza, Bahia, Rates. Estou começando a achar que a gente é importante na história do Brasil. Poque será que o povo daqui não estuda mais sua história. Quando eu crescer mais uma pouco e for estudar para a faculdade acho que vou escolher História.
Anônimo disse…
Nação dos Cataguás. Sei de um cara que tem muitas pedras de índios daqui. Ele é muito sério e estuda com carinho o assunto.
Anônimo disse…
Se tinha índio, tinha paulista atrás deles. Foi assim que vi um documentário. É só conseguir o nome desse povo paulista, uaí.
Anônimo disse…
Aqui, não era só índio. Tinha caça, muita caça. Fiquei sabendo que muita gente morreu de fome com os bolsos cheios de ouro. Foi assim que minha professora falou no ano passado. Pelo menos para matar a fome essa gente vinha até aqui.
Anônimo disse…
Quem diria - 1557 um alemão já escrivia sobre o Brasil?
genealogia disse…
rECENTEMENTE MEU FILHO rOGERIO DE mATOS bARBOZA INGRESSOU NA FAMILIA lEMOS, TENHO MINHA PAGINA NO
WWW.GENEAWEB.ORG/GILENOB E NO WWW.GENI.COM. gOSTARIA DE SABER SE POSSO COPIAR ESTES VALIOSOS DFADOS PRA ILUSTRAR MINHA PÁGINA...To the 8th generation.

+-- JOSÉ jOAQUIM VILLELA
+-- Francisco Pinto (Magalhães ou) VILLELA
| +-- MARIA MENDES BRITO
+-- João Pinto (magalhães ou) VILLELA
| +-- aNA tEODORA VILELLA
+-- JOSÉ PINTO VILLELA
| +-- Umbelina Candido de São José VILELLA
+-- Urias Pinto VILLELA 1868
| +-- MARIANA CEZARINA ANDRADE
+-- José Lemos VILELLA
| | +-- ? ?
| | +-- Manoel José LEMOS
| | | +-- ? ?
| | +-- Carlos José LEMOS
| | | | +-- Antonio da Silveira FERNANDES
| | | +-- Hipolita Cassiana CARMO
| | | +-- Isabel PrudenianaNA CARMO
| +-- Hipolita de Paula LEMOS
| | +-- ? ?
| | +-- Manoel José LEMOS
| | | +-- ? ?
| | +-- Antonio Julio LEMOS
| | | | +-- Antonio da Silveira FERNANDES
| | | +-- Hipolita Cassiana CARMO
| | | +-- Isabel PrudenianaNA CARMO
| +-- MARIANA DE PAULA LEMOS
| +-- Hipolita Lemos PAULA
+-- PEDRO PAULO LEMOS
| +-- Maria da Conceicao PADUA
-- LISIE MARIA LEMOS LISIE
+-- MARIA DE LOURDES LEMOS DONA LURDINHA
COMPLETANDO
+-- DOMINGOS VILLELA
+-- JOSÉ jOAQUIM VILLELA
| +-- MARIA DO ESPIRITO SANTO VILELLA
+-- Francisco Pinto (Magalhães ou) VILLELA
| +-- MARIA MENDES BRITO
-- João Pinto (magalhães ou) VILLELA
+-- aNA tEODORA VILELLA
GILENO CALDAS BARBOZA

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.