Estatuto de Natal

O Estatuto de Natal, em seu parágrafo único diz:

Nossos votos nesta data são de que o Natal seja um corte no egoísmo. Que os homens de boa vontade comecem a compartilhar, cada um no seu nível, em seu lugar, os bens conquistados da civilização e cultura da humanidade. Que possa a manjedoura ser ponto de convergência de todas as coordenadas das idéias, das invenções, das ações e esperanças dos homens para a concretização da Paz Universal.

Comentários

Anônimo disse…
Feliz Natal a equipe deste blog.
Anônimo disse…
A equipe deste blog reitera os votos contidos em seus preceitos - corte no egoismo, partilha dos bens materiais e não materiais. Profunda e eterna gratidão ao anônimo portador da mensagem acima.
Anônimo disse…
o que eu estava procurando, obrigado

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.